DEMANDA AQUECIDA

Preço da carne de frango sobe quase 40% em uma semana

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o valor do produto atingiu o mesmo patamar registrado em outubro de 2016

Fonte: Semagro/ MS

As cotações da carne de frango estão em forte recuperação no mercado interno, atingindo os mesmos patamares nominais registrados em outubro de 2016.

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o impulso vem da maior demanda e da baixa oferta da proteína.

O aumento da procura neste início de mês está atrelado ao recebimento dos salários por grande parte da população e à necessidade de muitos atacadistas e varejistas de repor seus estoques após a greve dos caminhoneiros. A menor oferta, por sua vez, se deve à paralisação dos abates em muitos frigoríficos do país no final de maio, como consequência dos protestos.

Entre os dias 30 de maio e 7 de junho, o preço do frango inteiro resfriado negociado na região da grande São Paulo subiu expressivos 30,2%, para R$ 4,60 o quilo nesta quinta-feira, 7. O valor do congelado subiu 39,4%, a R$ 4,71 o quilo.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *