MERCADO

Preço do algodão sobe 24% em um ano

Com baixa disponibilidade do produto, os agricultores estão resistentes em liquidar os lotes da safra 2016/2017

Fonte: Antonio Alencar/Canal Rural

Impulsionado pela baixa disponibilidade, o indicador do algodão em pluma do Cepea/Esalq, com pagamento em 8 dias, avançou expressivos 12,3% em maio, a alta mais intensa desde janeiro de 2016, quando foi de 17%.

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), vendedores estão resistentes em liquidar os lotes da safra 2016/2017, especialmente os de Mato Grosso.

Em São Paulo e na Bahia, as ofertas de lotes da nova temporada (2017/18) ainda são baixas. Por enquanto, com disponibilidade limitada, especialmente para embarque imediato, indústrias utilizam o produto já contratado ou reduzem as atividades.

Em maio, a média do indicador, de R$ 3,5633 a libra-peso, superou em 11,64% a do mês anterior. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a alta é de 24,06%, em termos reais (dados atualizados pelo IGP-DI de abril de 2018).

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *