COMERCIALIZAÇÃO

Picape mais vendida do mundo ainda é sonho para brasileiros

Os dois modelos que lideram a nossa lista não possuem comercialização no mercado brasileiro, mas são um sucesso de venda nos Estados Unidos

picape Ford F-150
Os modelos Ford Série F foram os mais vendidos do planeta em 2018. Foto: Ford/divulgação

Foi divulgada nesta semana, pela consultoria Focus 2 Move, a lista dos carros mais vendidos do planeta no ano de 2018. Assim como em 2017, o modelo mais vendido foi o Corolla, da Toyota, com 1.181.445 unidades. Seguido pelas picapes Ford Série F, com 1.080.757 exemplares comercializados no ano.

Fabricadas nos Estados Unidos pela Ford desde 1948, as picapes mais vendidas do mundo já tiveram seus anos de fabricação no Brasil até a década de 1990, mas nos últimos anos a montadora se dedicou apenas à fabricação de caminhões da série no nosso país.

Nova call to action
Entre as picapes, as mais vendidas são as F-150 Raptor, que possui alguns modelos no Brasil trazidas por meio de importadoras, como já mostramos em uma reportagem no Canal Rural. Ao contrário do Corolla, que teve queda de 1,7% nas vendas, as picapes da série F tiveram aumento de 0,4%.

Saiba como ter em casa as picapes mais desejadas dos EUA

Em um mercado global dominado por sedans e utilitários, a segunda picape mais vendida aparece na 10º posição do ranking geral, que é ocupado pela Silverado, da Chevrolet, também ausente do mercado brasileiro. Durante o ano, foram 651.090 modelos vendidos em todo o planeta.

A Silverado, da Chevrolet, foi a segunda picape mais vendida do ano. Foto: GM/divulgação

Em terceiro lugar, no ranking das picapes, aparece a Ram pick-up, com 624.846 modelos vendidos e, em quarto, vem a Toyota Hilux, com 560.872 modelos vendidos, um aumento de 11% em relação ao ano anterior. Por fim, aparece a Ford Ranger, com 263.021 modelos vendidos.

A terceira picape mais vendida do planeta foi da Ram, com 624.846 vendas. Foto: RAM/divulgação

 

Toyota Hilux 2019
A picape da Toyota vendeu, em 2018, 560.872 modelos. Foto: Toyota/divulgação

 

picape Ford Ranger FX4
A Ford Ranger ficou em 5º lugar entre as mais vendidas do planeta, com 263.021 Foto: Ford/divulgação

A curiosidade dos números divulgados pela consultoria é que as três picapes mais vendidas no mundo lideram o ranking geral nos Estados Unidos, responsáveis pela comercialização de 909.330 picapes da Série-F, 583.227 Silverados e, em terceiro lugar, traz a Ram Pick-up, com 536.980 modelos vendidos. O Corolla, que liderou o ranking global, aparece apenas da 9ª posição do país.

Confira, abaixo, a lista das picapes mais vendidas do mundo em 2018:

 

Modelo

Vendas 2018

Vendas 2017

Variação

Ford Série F 1.080.757 1.076.036  +0,4%
Chevrolet Silverado 651.387 637.267 -1,4%
Pick-up de ram 624-846 601.599 + 3,9%
Hilux 560.872 505.411 +11%
Ford Ranger 263.021 193.615 +36,1%

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


12 comentário em “Picape mais vendida do mundo ainda é sonho para brasileiros

  1. Sempre amei dirigido os carros da Ford eu trabalho com um sedan Ford fiesta ano 2008 a empresa Ford deveria o ferece as órgão federais do Brasil. Um preço melhor. Eu trabalho de motorista na UFRN central da cidade de Natal RN -Brasil

  2. Merdas sobre sobre rodas que só fazem sentido para quem é proprietário rural. Ainda bem que essas pragas não vem para cá atravancar (mais) o nosso já caótico trânsito.

    1. Fale por vc amigo, ando muito com a minha e é um utilitário, uso para trabalho, assim como 90% de quem compra, carroceria é muito útil, além da capacidade de reboque, ninguém compra caminhonete por bonito, pois se assim fosse, todo mundo teria um sedã.

  3. Este tipo de assistente que hoje aconteceu pela segunda vez, continuará a acontecer no futuro, pois estes acidentes são frutos dos efeitos da corrupção, no setor público, onde, cada situação ruim que acontece no país significa lucro certo no bolso de cada governante. É tão certo o sinal de corrupção que até hoje não sairam as indenizações, que iriam cobrir os prejuízos materiais causados pela mineradora samarcos subsidiária da vale. Já que não há como indenizar as vidas perdidas ou ceifadas pelos administradores da empresa e as liderança políticas do país .

css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil