MELHORA COM RESSALVAS

Preço do leite deve subir mais de 2% em maio, projeta Conseleite

Entidade alerta que o consumo, no entanto, está abaixo da expectativa, devido principalmente à demora na aprovação de medidas que reaqueçam a economia

vaca sendo ordenhada - produção de leite
Foto: MDA/Ascom

O preço do leite pago ao produtor do Rio Grande do Sul deve fechar o mês de maio com alta de 2,04% frente ao consolidado em abril, saindo de R$ 1,1547 para R$ 1,1783, indica o Conseleite. De acordo com o professor da Universidade de Passo Fundo (UPF) Eduardo Finamore, o movimento reflete, principalmente, o aumento de 7,52% no UHT, (7,52%), um dos carros-chefe da produção gaúcha.

Segundo o presidente da entidade, Alexandre Guerra, o primeiro semestre, apesar das dificuldades enfrentadas, deve fechar com estabilidade. “A expectativa da indústria é pelo aquecimento do mercado com o tradicional aumento de consumo que sempre vem com os meses mais frios do ano”, pontuou.

Guerra alerta que, contudo, o consumo nacional de leite está abaixo da expectativa inicial do setor para 2019, principalmente em função da demora na aprovação de medidas essenciais para a economia nacional, como a reforma da Previdência.

Nova call to action

“As indústrias estão apreensivas com o patamar de preços praticado e trabalhando intensamente pela adaptação às instruções normativas (IN) 76 e 77, que trazem novos parâmetros à produção”, diz Guerra.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


5 comentário em “Preço do leite deve subir mais de 2% em maio, projeta Conseleite

css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil