banner-3

FORTE QUEDA

Preço do leite deve cair mais de 4% em junho, diz Conseleite

Segundo pesquisador, o resultado reflete a desvalorização do UHT, do leite em pó e do queijo mussarela (-4,57%) neste mês

25 de junho de 2019 às 13h28
Por Canal Rural
vaca sendo ordenhada - produção de leite

Foto: MDA/Ascom

O preço do leite no Rio Grande do Sul deve cair 4,14% em junho, estima o Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite (Conseleite). Segundo dados divulgados nesta terça, dia 25, o valor de referência projetado é de R$ 1,1297 por litro. O consolidado de maio foi R$ 1,1784.

O professor da Universidade de Passo Fundo (UPF) Eduardo Finamore explicou que o resultado reflete queda do UHT (-3,27%), do leite em pó (-1,16%) e do queijo mussarela (-4,57%) no mês.

Os dados do Conseleite indicam que a queda neste mês também coloca as cotações do produto abaixo do valor real praticado em 2018, uma vez que, até então, os valores de 2019 vinham acima da série do ano anterior.

No entanto, no acumulado do ano, de janeiro a junho, o preço, segundo Finamore, acumula um ganho real de 1,04% acima da inflação do período (IPCA). “A grande questão é como os preços vão se comportar nesse segundo semestre do ano, que vinha com estabilidade”, acrescentou.

5 comentários

  1. […] Canal Rural […]

  2. Jason em 25 de junho de 2019 às 13:43

    Quanto au valor do leite e muito triste ver esta notícias, pois nada para nós que somos produtores diminui o preço, em relação a ração, energia, produtos de limpeza de ordenha, volumosos e mão de obra tem diminuído os valores e sim alimento, vcs jornalista e pesquisadores poderia dar uma olhada, os valores pago no leite não teve aumento nenhum no valor em 6 anos, mas os produtos que usamos para produzir o leite todos tiveram aumento, infelizmente a corda arrebenta encima de nós pequenos produtores.

  3. José Alcione Teles em 25 de junho de 2019 às 17:19

    A foto acima não representa mais a maneira de se ordenhar uma matriz leiteira, denegriu quem trabalha duro com ordenha mecânica e se preocupa muito com a qualidade do produto – Leite.
    Pois temos a consciência que nossos maiores consumidores são Crianças e Idosos.

  4. LUÍS FERNANDO em 26 de junho de 2019 às 09:13

    A FOTO ACIMA , NÃO RETRATA A GRANDE MAIORIA DO PROCESSO DE ORDENHA REALIZADO PELOS TAMBOS DE LEITE DO BRASIL ! Para auxiliar no consumo de lácteos , devemos apresentar um sistema mais higiênico !

Deixe um Comentário





banner-3

FORTE QUEDA

Preço do leite deve cair mais de 4% em junho, diz Conseleite

Segundo pesquisador, o resultado reflete a desvalorização do UHT, do leite em pó e do queijo mussarela (-4,57%) neste mês

25 de junho de 2019 às 13h28
Por Canal Rural
vaca sendo ordenhada - produção de leite

Foto: MDA/Ascom

O preço do leite no Rio Grande do Sul deve cair 4,14% em junho, estima o Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite (Conseleite). Segundo dados divulgados nesta terça, dia 25, o valor de referência projetado é de R$ 1,1297 por litro. O consolidado de maio foi R$ 1,1784.

O professor da Universidade de Passo Fundo (UPF) Eduardo Finamore explicou que o resultado reflete queda do UHT (-3,27%), do leite em pó (-1,16%) e do queijo mussarela (-4,57%) no mês.

Os dados do Conseleite indicam que a queda neste mês também coloca as cotações do produto abaixo do valor real praticado em 2018, uma vez que, até então, os valores de 2019 vinham acima da série do ano anterior.

No entanto, no acumulado do ano, de janeiro a junho, o preço, segundo Finamore, acumula um ganho real de 1,04% acima da inflação do período (IPCA). “A grande questão é como os preços vão se comportar nesse segundo semestre do ano, que vinha com estabilidade”, acrescentou.

5 comentários

  1. […] Canal Rural […]

  2. Jason em 25 de junho de 2019 às 13:43

    Quanto au valor do leite e muito triste ver esta notícias, pois nada para nós que somos produtores diminui o preço, em relação a ração, energia, produtos de limpeza de ordenha, volumosos e mão de obra tem diminuído os valores e sim alimento, vcs jornalista e pesquisadores poderia dar uma olhada, os valores pago no leite não teve aumento nenhum no valor em 6 anos, mas os produtos que usamos para produzir o leite todos tiveram aumento, infelizmente a corda arrebenta encima de nós pequenos produtores.

  3. José Alcione Teles em 25 de junho de 2019 às 17:19

    A foto acima não representa mais a maneira de se ordenhar uma matriz leiteira, denegriu quem trabalha duro com ordenha mecânica e se preocupa muito com a qualidade do produto – Leite.
    Pois temos a consciência que nossos maiores consumidores são Crianças e Idosos.

  4. LUÍS FERNANDO em 26 de junho de 2019 às 09:13

    A FOTO ACIMA , NÃO RETRATA A GRANDE MAIORIA DO PROCESSO DE ORDENHA REALIZADO PELOS TAMBOS DE LEITE DO BRASIL ! Para auxiliar no consumo de lácteos , devemos apresentar um sistema mais higiênico !

Deixe um Comentário





Mais Notícias