Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Korin anuncia fábrica de ração que privilegiará milho não transgênico

DIVERSIFICANDO

Korin anuncia fábrica de ração que privilegiará milho não transgênico

A nova unidade, que recebeu R$ 16 milhões em investimento, trabalha com três linhas de produção: milho transgênico, livre de transgênico e orgânico

12 de junho de 2019 às 20h15
Por Estadão Conteúdo
milho

Foto: Pixabay

A empresa Korin Agropecuária, que produz carnes orgânicas e livres de antibióticos, anunciou investimento de R$ 16 milhões em uma nova fábrica de ração, com capacidade para 6 mil toneladas por mês. Com a iniciativa, a empresa busca retirar de seu portfólio, até o fim do ano, a carne de frango alimentado com milho transgênico.

“A meta também é aumentar a quantidade dos produtos livres de transgênicos que lançamos no mês passado”, afirma o diretor superintendente da Korin, Reginaldo Morikawa.

A nova unidade fabril trabalha com três linhas de produção de ração: com milho transgênico, livre de transgênico e orgânica. A expectativa é de que, com este investimento, a Korin possa triplicar a produção anual de frangos, que hoje é de cerca de 20 mil toneladas.

Segundo Morikawa, a mudança deverá ter impacto nas vendas, já que o frango livre de transgênico é 8% mais caro do que o criado com ração transgênica.

4 comentários

  1. Henrique em 14 de junho de 2019 às 09:02

    Ótima iniciativa dessa empresa, uma vez que transgênicos não são confiáveis para a saúde, prefiro pagar mais caro por um produto não transgênico e orgânico.

  2. Marcio Zeni em 16 de junho de 2019 às 22:51

    Ver possibilidades de negócio, por conta do aumento da NCG, mas possível impacto em elevação de custos – queda nas vendas??

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Korin anuncia fábrica de ração que privilegiará milho não transgênico

DIVERSIFICANDO

Korin anuncia fábrica de ração que privilegiará milho não transgênico

A nova unidade, que recebeu R$ 16 milhões em investimento, trabalha com três linhas de produção: milho transgênico, livre de transgênico e orgânico

12 de junho de 2019 às 20h15
Por Estadão Conteúdo
milho

Foto: Pixabay

A empresa Korin Agropecuária, que produz carnes orgânicas e livres de antibióticos, anunciou investimento de R$ 16 milhões em uma nova fábrica de ração, com capacidade para 6 mil toneladas por mês. Com a iniciativa, a empresa busca retirar de seu portfólio, até o fim do ano, a carne de frango alimentado com milho transgênico.

“A meta também é aumentar a quantidade dos produtos livres de transgênicos que lançamos no mês passado”, afirma o diretor superintendente da Korin, Reginaldo Morikawa.

A nova unidade fabril trabalha com três linhas de produção de ração: com milho transgênico, livre de transgênico e orgânica. A expectativa é de que, com este investimento, a Korin possa triplicar a produção anual de frangos, que hoje é de cerca de 20 mil toneladas.

Segundo Morikawa, a mudança deverá ter impacto nas vendas, já que o frango livre de transgênico é 8% mais caro do que o criado com ração transgênica.

4 comentários

  1. Henrique em 14 de junho de 2019 às 09:02

    Ótima iniciativa dessa empresa, uma vez que transgênicos não são confiáveis para a saúde, prefiro pagar mais caro por um produto não transgênico e orgânico.

  2. Marcio Zeni em 16 de junho de 2019 às 22:51

    Ver possibilidades de negócio, por conta do aumento da NCG, mas possível impacto em elevação de custos – queda nas vendas??

Deixe um Comentário





Mais Notícias