INUSITADO

Galinha surpreende produtor ao “mudar de sexo”

Animal parou de botar ovos, desenvolveu crista e passou a cantar como galo

Fonte: Divulgação

Uma galinha criada na zona rural de Forquilhinha (SC) chamou a atenção do agricultor Júnior Burigo ao parar de botar ovos, desenvolver crista e começar a cantar como um galo.

O animal era criado junto a outras 30 aves e pertencia ao galinheiro da família. “Minha avó disse que a galinha tinha mudado de sexo e não acreditei. Quando fui lá, tomei um susto”, disse Júnior, que vive da produção de arroz na região. “Vivemos do meio rural e neste tempo todo nunca tinha visto algo assim”.

Segundo o produtor, a mudança ocorreu aos poucos. A galinha passou a produzir menos ovos que o normal até que parou totalmente sua produção. Na sequência, passou a desenvolver características masculinas. A primeira mudança foi nas penas, que começaram a ficar mais encorpadas; depois, o papo e a crista cresceram e deram à ave a aparência de um galo.

Embora raro, o fenômeno não é inédito. Estudos indicam que ele ocorre entre uma a cada 10 mil aves do sexo feminino. Para Cássio Wilber, médico veterinário e analista da Embrapa Suínos e Aves, com sede em Santa Catarina, as alterações hormonais explicam o problema. “Maior produção de testosterona em galinhas podem levar ao ocorrido”, diz.

O problema pode ser agravado pela nurição, já que fungos encontrados na ração estocada para galinhas podem ter o efeito de hormônios sintéticos.

Wilber, no entanto, garante que na granja da Embrapa, onde nascem 10.000 animais por ano, a ocorrência não é comum. “O habitual é termos machos que apresentem características sexuais secundárias menos evidentes do que outros. Nas galinhas isso é bem mais raro.”

Júnior Burigo diz que mesmo inusitado, o caso colocou a propriedade em evidência na região. “Temos recebido pessoas querendo ver a galinha. Viramos turismo rural”, brinca o produtor.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *