MÉTODO

Equoterapia: Bolsonaro sanciona lei que regulamenta terapia com cavalos

Medida determina que os animais usados durante o processo sejam adestrados para uso exclusivo da equoterapia e que apresentem boa condição de saúde

equoterapia, terapia com cavalos
Foto: Prefeitura de Blumenau-SC

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou nesta segunda-feira, dia 13, a lei que regulamenta a equoterapia. Em publicação feita no Diário Oficial da União (DOU), a prática deverá ser adotada mediante parecer favorável de avaliação médica, psicológica e fisioterápica, além de ser obrigatório a formação de uma equipe composta por um médico veterinário e um profissional de equitação, podendo, de acordo com o objetivo do programa, ser integrado por outros profissionais.

A lei, que entra em vigor após 180 dias decorridos de sua publicação oficial, determina que os animais usados durante o processo sejam adestrados para uso exclusivo da equoterapia e que apresentem boa condição de saúde, sendo submetidos a inspeções veterinárias regulares e descansando em instalações apropriadas.  

O que é equoterapia?

De acordo com a Associação Nacional de Equoterapia, a prática é um método terapêutico que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência ou com necessidades especiais.

Na equoterapia, o cavalo atua como agente promotor de ganhos a nível físico e psíquico. A atividade exige a participação do corpo inteiro, contribuindo, assim, para o desenvolvimento da força muscular, relaxamento, conscientização do próprio corpo e aperfeiçoamento da coordenação motora e do equilíbrio.

Nova call to action

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


2 comentário em “Equoterapia: Bolsonaro sanciona lei que regulamenta terapia com cavalos

css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil