DEMANDA MAIOR

Brasil vai poder exportar gado vivo para o Cazaquistão

Para o secretário de defesa agropecuária do Ministério da Agricultura, José Guilherme Leal, medida é um reconhecimento do alto padrão genético dos animais

embarque de gado vivo
Foto: Karlos Geromy/Secap

O Brasil vai poder exportar animais vivos ao Cazaquistão. Na sexta-feira, dia 22, o secretário de defesa agropecuária do Ministério da Agricultura, José Guilherme Leal, e a vice-ministra de Agricultura do Cazaquistão, Gulmira Isayeva, assinaram um certificado zoossanitário.

“Esse acordo representa mais uma abertura de mercado para a exportação de gado brasileiro. É um reconhecimento do alto padrão genético do Brasil”, comentou Leal.

O encontro aconteceu na secretaria de defesa agropecuária com a participação de representantes da secretaria de comércio e relações internacionais, que receberam a comitiva da República do Cazaquistão para negociar os requisitos zoossanitários previstos para a exportação de bovinos vivos.

“Para o nosso país é muito importante desenvolver a cooperação com o Brasil na área agropecuária. A assinatura abre caminho para cooperação no comércio entre os países”, afirmou a vice-ministra de Agricultura do Cazaquistão, Gulmira Isayeva.

Volume de boi vivo exportado em 2018 quase dobra em um ano

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


5 comentário em “Brasil vai poder exportar gado vivo para o Cazaquistão

    1. Olá! Iremos encaminhar sua solicitação à nossa apresentadora Pryscila Paiva. Você também pode nos enviar seu pedido de previsão através do WhatsApp (11) 98524-0073.

  1. Vergonha. Esse tipo de transporte é ilegal pois acarreta maus tratos aos animais. Isso chama-se ganância. Poucos ganham com esse negócio. O Brasil vende barato e perde empregos. É um negócio que tem que acabar. Se tem que matar os animais que seja aqui no Brasil… PL31 urgente !!!!

css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil