Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Boi » Senepol participa pela primeira vez da Expointer

EVENTO

Senepol participa pela primeira vez da Expointer

Raça é muito utilizada em cruzamento industrial, por conta de sua precocidade; rebanho vem crescendo no Brasil, inclusive na região Sul

24 de agosto de 2019 às 13h09
Por Canal Rural

Foto: Giongo Senepol/divulgação

No ano em que completa 19 anos de seleção no Brasil, a raça bovina de corte senepol faz sua estreia na maior exposição agropecuária da América Latina, a Expointer 2019. O evento, realizado de 24 de agosto a 1º de setembro, sedia a 1ª Exposição da Raça Senepol na Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, Rio Grande do Sul.

Para o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol), Pedro Crosara, a estreia na Expointer acontece em um momento de franca expansão da raça no país. Importado de Saint Croix, nas Ilhas Virgens, nos anos 2000, o senepol conta atualmente no Brasil com um rebanho de mais de 104 mil animais registrados.

“Poucas raças no Brasil atingiram essa marca em um espaço de tempo tão curto. Em apenas 19 anos e com a importação de poucos exemplares, conseguimos multiplicar e melhorar a raça e, hoje, o Brasil é o maior polo de genética senepol do mundo. Uma raça que está contribuindo para a pecuária de corte por ser extremamente precoce, fértil, rústica e dócil”, assegura Crosara.

Pesquisa feita pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, apontou que fazendas usuárias da genética senepol registraram uma receita por área 470% maior em sistemas de cria quando comparado à propriedades típicas, e de 149% em sistemas de recria e engorda.

Na visão dos expositores, a Expointer será uma importante vitrine para a raça, que tem como diferencial manter o alto desempenho mesmo em condições adversas de clima. “O Senepol está muito bem adaptado no Sul, apresentando bom desempenho tanto no inverno quanto no verão. São animais precoces e de excelente ganho de peso”, assegura o pecuarista Paulo Moura, titular da Agropecuária Triunfo.

Segundo o criador e proprietário da Cabanha JN Senepol, Júlio César Nunes Ortiz, durante a Expointer, serão apresentados os resultados alcançados com a raça no Rio Grande do Sul. “O Senepol é mais uma boa opção de genética para os produtores gaúchos que atuam na pecuária de corte. Criamos os animais em um ambiente rústico, campo nativo, no meio da geada e, ainda assim, eles engordam muito rápido”, conclui Ortiz.

 

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Boi » Senepol participa pela primeira vez da Expointer

EVENTO

Senepol participa pela primeira vez da Expointer

Raça é muito utilizada em cruzamento industrial, por conta de sua precocidade; rebanho vem crescendo no Brasil, inclusive na região Sul

24 de agosto de 2019 às 13h09
Por Canal Rural

Foto: Giongo Senepol/divulgação

No ano em que completa 19 anos de seleção no Brasil, a raça bovina de corte senepol faz sua estreia na maior exposição agropecuária da América Latina, a Expointer 2019. O evento, realizado de 24 de agosto a 1º de setembro, sedia a 1ª Exposição da Raça Senepol na Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, Rio Grande do Sul.

Para o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol), Pedro Crosara, a estreia na Expointer acontece em um momento de franca expansão da raça no país. Importado de Saint Croix, nas Ilhas Virgens, nos anos 2000, o senepol conta atualmente no Brasil com um rebanho de mais de 104 mil animais registrados.

“Poucas raças no Brasil atingiram essa marca em um espaço de tempo tão curto. Em apenas 19 anos e com a importação de poucos exemplares, conseguimos multiplicar e melhorar a raça e, hoje, o Brasil é o maior polo de genética senepol do mundo. Uma raça que está contribuindo para a pecuária de corte por ser extremamente precoce, fértil, rústica e dócil”, assegura Crosara.

Pesquisa feita pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, apontou que fazendas usuárias da genética senepol registraram uma receita por área 470% maior em sistemas de cria quando comparado à propriedades típicas, e de 149% em sistemas de recria e engorda.

Na visão dos expositores, a Expointer será uma importante vitrine para a raça, que tem como diferencial manter o alto desempenho mesmo em condições adversas de clima. “O Senepol está muito bem adaptado no Sul, apresentando bom desempenho tanto no inverno quanto no verão. São animais precoces e de excelente ganho de peso”, assegura o pecuarista Paulo Moura, titular da Agropecuária Triunfo.

Segundo o criador e proprietário da Cabanha JN Senepol, Júlio César Nunes Ortiz, durante a Expointer, serão apresentados os resultados alcançados com a raça no Rio Grande do Sul. “O Senepol é mais uma boa opção de genética para os produtores gaúchos que atuam na pecuária de corte. Criamos os animais em um ambiente rústico, campo nativo, no meio da geada e, ainda assim, eles engordam muito rápido”, conclui Ortiz.

 

Deixe um Comentário





Mais Notícias