Home » Notícias » Pecuária » Boi » Boi gordo: frigoríficos sinalizam escalas de abate preenchidas até o fim do mês

ANÁLISE

Boi gordo: frigoríficos sinalizam escalas de abate preenchidas até o fim do mês

Cosultoria Safras & Mercado indica que a manutenção dos preços é dominante em grande parte do país, enquanto as indústrias ainda indicam posição confortável

07 de agosto de 2019 às 08h37
Por Agência Safras
boi gordo mercado

Foto: Governo do Maranhão

O mercado físico de boi gordo teve preços estáveis nesta terça-feira, 6. Segundo o analista da consultoria Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, a manutenção dos preços é dominante em grande parte do país, enquanto os frigoríficos ainda indicam uma posição confortável em suas escalas de abate, atuando de maneira comedida mesmo em um período de boa demanda. 

“A incidência de contratos a termo e de outras modalidades de parceria resultou no alongamento da programação de abates. Alguns frigoríficos já sinalizam que estão com as escalas preenchidas até o final do mês”, disse Iglesias.

No atacado, os preços da carne bovina tiveram leve alteração. Conforme Iglesias, a tendência de curto prazo ainda remete a reajustes, em linha com o perfil de consumo aquecido no decorrer da primeira quinzena de agosto. 

“Além da entrada dos salários na economia, há também o feriado do Dia dos Pais para aquecer a demanda por carne bovina no varejo. Ao mesmo tempo, a demanda destinada à exportação segue bastante efetiva, dada a severidade do surto de peste suína africana na China, aumentando a necessidade de importação de proteína animal do país asiático”.

O corte traseiro passou de R$ 10,70 por quilo para R$ 10,95 o quilo. O corte dianteiro ficou em R$ 8,50 por quilo. Já a ponta de agulha ficou em R$ 8 o quilo, contra R$ 7,70 por quilo.

Veja o fechamento de terça-feira:

  • São Paulo: R$ 154 a arroba
  • Uberaba (MG): R$ 148 por arroba 
  • Dourados (MS): R$ 144 a arroba
  • Goiânia (GO): R$ 143 por arroba 
  • Mato Grosso: R$ 142 por arroba 

Nova call to action

Deixe um Comentário





Home » Notícias » Pecuária » Boi » Boi gordo: frigoríficos sinalizam escalas de abate preenchidas até o fim do mês

ANÁLISE

Boi gordo: frigoríficos sinalizam escalas de abate preenchidas até o fim do mês

Cosultoria Safras & Mercado indica que a manutenção dos preços é dominante em grande parte do país, enquanto as indústrias ainda indicam posição confortável

07 de agosto de 2019 às 08h37
Por Agência Safras
boi gordo mercado

Foto: Governo do Maranhão

O mercado físico de boi gordo teve preços estáveis nesta terça-feira, 6. Segundo o analista da consultoria Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, a manutenção dos preços é dominante em grande parte do país, enquanto os frigoríficos ainda indicam uma posição confortável em suas escalas de abate, atuando de maneira comedida mesmo em um período de boa demanda. 

“A incidência de contratos a termo e de outras modalidades de parceria resultou no alongamento da programação de abates. Alguns frigoríficos já sinalizam que estão com as escalas preenchidas até o final do mês”, disse Iglesias.

No atacado, os preços da carne bovina tiveram leve alteração. Conforme Iglesias, a tendência de curto prazo ainda remete a reajustes, em linha com o perfil de consumo aquecido no decorrer da primeira quinzena de agosto. 

“Além da entrada dos salários na economia, há também o feriado do Dia dos Pais para aquecer a demanda por carne bovina no varejo. Ao mesmo tempo, a demanda destinada à exportação segue bastante efetiva, dada a severidade do surto de peste suína africana na China, aumentando a necessidade de importação de proteína animal do país asiático”.

O corte traseiro passou de R$ 10,70 por quilo para R$ 10,95 o quilo. O corte dianteiro ficou em R$ 8,50 por quilo. Já a ponta de agulha ficou em R$ 8 o quilo, contra R$ 7,70 por quilo.

Veja o fechamento de terça-feira:

  • São Paulo: R$ 154 a arroba
  • Uberaba (MG): R$ 148 por arroba 
  • Dourados (MS): R$ 144 a arroba
  • Goiânia (GO): R$ 143 por arroba 
  • Mato Grosso: R$ 142 por arroba 

Nova call to action

Deixe um Comentário





Mais Notícias