Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Boi » Baixa oferta e avanço das chuvas sustentam preços no mercado de reposição

CENÁRIO INTERNO

Baixa oferta e avanço das chuvas sustentam preços no mercado de reposição

As altas foram puxadas, principalmente, por Goiás e Minas Gerais, onde cada categoria valorizou, em média, 1,1%, revelou a Scot Consultoria

21 de outubro de 2019 às 08h57
Por Canal Rural
bezerro

Foto: Plínio Queiroz/ Canal Rural

Apesar da liquidez ainda baixa no mercado de animais de reposição, as especulações, por outro lado, seguem intensas. Segundo levantamento da Scot Consultoria, as cotações no mercado de reposição seguem firmes e em alta na maior parte das praças pesquisadas.

Na comparação com a semana anterior, os preços dos animais de reposição tiveram novo aumento de 0,4%, considerando os machos anelorados de todos os estados pesquisados. As altas foram puxadas, principalmente, por Goiás e Minas Gerais, onde cada categoria valorizou, em média, 1,1%.

Em São Paulo os preços também reagiram e a referência dos machos anelorados de reposição subiu 0,8%, na média, na comparação semanal. Já em Mato Grosso os preços permaneceram estáveis, sendo a chuva descompassada o principal fator que tem retraído os compradores.

Em curto e médios prazos, com a arroba do boi gordo seguindo um viés altista, e a capacidade de suporte das pastagens melhorando conforme há regularização do período das águas, é provável que mercado de reposição siga aquecido, afirma a consultoria.

Nova call to action

 

1 comentário

  1. vander em 21 de outubro de 2019 às 10:11

    só bobo para acreditar nesta conversa de (analista) põem isso para imprensionar o produtor, analista nem sabe o que o boi come

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Boi » Baixa oferta e avanço das chuvas sustentam preços no mercado de reposição

CENÁRIO INTERNO

Baixa oferta e avanço das chuvas sustentam preços no mercado de reposição

As altas foram puxadas, principalmente, por Goiás e Minas Gerais, onde cada categoria valorizou, em média, 1,1%, revelou a Scot Consultoria

21 de outubro de 2019 às 08h57
Por Canal Rural
bezerro

Foto: Plínio Queiroz/ Canal Rural

Apesar da liquidez ainda baixa no mercado de animais de reposição, as especulações, por outro lado, seguem intensas. Segundo levantamento da Scot Consultoria, as cotações no mercado de reposição seguem firmes e em alta na maior parte das praças pesquisadas.

Na comparação com a semana anterior, os preços dos animais de reposição tiveram novo aumento de 0,4%, considerando os machos anelorados de todos os estados pesquisados. As altas foram puxadas, principalmente, por Goiás e Minas Gerais, onde cada categoria valorizou, em média, 1,1%.

Em São Paulo os preços também reagiram e a referência dos machos anelorados de reposição subiu 0,8%, na média, na comparação semanal. Já em Mato Grosso os preços permaneceram estáveis, sendo a chuva descompassada o principal fator que tem retraído os compradores.

Em curto e médios prazos, com a arroba do boi gordo seguindo um viés altista, e a capacidade de suporte das pastagens melhorando conforme há regularização do período das águas, é provável que mercado de reposição siga aquecido, afirma a consultoria.

Nova call to action

 

1 comentário

  1. vander em 21 de outubro de 2019 às 10:11

    só bobo para acreditar nesta conversa de (analista) põem isso para imprensionar o produtor, analista nem sabe o que o boi come

Deixe um Comentário





Mais Notícias