Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Boi » Arroba do boi gordo segue firme no Brasil e sobe mais R$ 1 em MT

ALTA ATRÁS DE ALTA

Arroba do boi gordo segue firme no Brasil e sobe mais R$ 1 em MT

De acordo com Fernando Henrique Iglesias, analista da Safras & Mercado, as exportações permanecem em ótimo nível, aumentando a propensão de reajustes

05 de novembro de 2019 às 19h25
Por Agência Safras
arroba do boi gordo

Em Mato Grosso, o preço subiu de R$ 155 a arroba para R$ 156 a arroba do boi gordo. Foto: Comex do Brasil/Divulgação

A restrição de oferta continua ditando o ritmo dos negócios e mantém os preços da arroba do boi gordo firmes, aponta a consultoria Safras. De acordo com o analista Fernando Henrique Iglesias, as exportações permanecem em ótimo nível, aumentando a propensão de reajustes.

“A lacuna de oferta formada no último bimestre é uma consequência do regime irregular de chuvas no Centro-Sul, que prejudicou o desenvolvimento das pastagens, resultando no atraso da engorda do rebanho extensivo”, afirma.

Em São Paulo, os preços permaneceram em R$ 175 a arroba. Em Minas Gerais, arroba a R$ 168, estável. Em Mato Grosso do Sul, as cotações seguiram em R$ 165 a arroba. Em Goiânia (GO), continuaram em R$ 160 a arroba. Já em Mato Grosso, o preço subiu de R$ 155 a arroba para R$ 156 a arroba do boi gordo.

Atacado

Os preços da carne bovina ficaram entre estáveis a mais altos. “A tendência de curto prazo ainda remete a reajustes, avaliando a entrada da massa salarial na economia. Além disso, o otimismo permanece grande em relação ao último bimestre, período pautado pelo auge do consumo”, diz.

O corte traseiro teve preço de R$ 14 por quilo, estável. A ponta de agulha passou de R$ 9,25 por quilo para R$ 9,30 por quilo, enquanto o corte dianteiro permaneceu em R$ 9,40 por quilo.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Boi » Arroba do boi gordo segue firme no Brasil e sobe mais R$ 1 em MT

ALTA ATRÁS DE ALTA

Arroba do boi gordo segue firme no Brasil e sobe mais R$ 1 em MT

De acordo com Fernando Henrique Iglesias, analista da Safras & Mercado, as exportações permanecem em ótimo nível, aumentando a propensão de reajustes

05 de novembro de 2019 às 19h25
Por Agência Safras
arroba do boi gordo

Em Mato Grosso, o preço subiu de R$ 155 a arroba para R$ 156 a arroba do boi gordo. Foto: Comex do Brasil/Divulgação

A restrição de oferta continua ditando o ritmo dos negócios e mantém os preços da arroba do boi gordo firmes, aponta a consultoria Safras. De acordo com o analista Fernando Henrique Iglesias, as exportações permanecem em ótimo nível, aumentando a propensão de reajustes.

“A lacuna de oferta formada no último bimestre é uma consequência do regime irregular de chuvas no Centro-Sul, que prejudicou o desenvolvimento das pastagens, resultando no atraso da engorda do rebanho extensivo”, afirma.

Em São Paulo, os preços permaneceram em R$ 175 a arroba. Em Minas Gerais, arroba a R$ 168, estável. Em Mato Grosso do Sul, as cotações seguiram em R$ 165 a arroba. Em Goiânia (GO), continuaram em R$ 160 a arroba. Já em Mato Grosso, o preço subiu de R$ 155 a arroba para R$ 156 a arroba do boi gordo.

Atacado

Os preços da carne bovina ficaram entre estáveis a mais altos. “A tendência de curto prazo ainda remete a reajustes, avaliando a entrada da massa salarial na economia. Além disso, o otimismo permanece grande em relação ao último bimestre, período pautado pelo auge do consumo”, diz.

O corte traseiro teve preço de R$ 14 por quilo, estável. A ponta de agulha passou de R$ 9,25 por quilo para R$ 9,30 por quilo, enquanto o corte dianteiro permaneceu em R$ 9,40 por quilo.

Deixe um Comentário





Mais Notícias