VEÍCULOS

Nova picape Ranger Raptor se destaca pela robustez

Primeira leva do modelo será produzida na Tailândia para o mercado asiático. Ainda não há previsão de chegada ao Brasil. Veja fotos e vídeo

Fonte: Divulgação

Inspirada na picape grande F-150 Raptor, a Ford Ranger Raptor foi apresentada nesta semana. Ela é uma nova versão fora-de-estrada de performance da picape e será produzida na Tailândia para os mercados da Ásia-Pacífico. Além de estilo robusto, marcado pela grade dianteira e porte elevado, o veículo tem chassi, motor, suspensão e freios desenvolvidos para oferecer o máximo de desempenho em todo tipo de terreno.

Projetada para  suportar as exigências da rodagem em velocidade sobre terrenos inóspitos, a Ranger Raptor tem sob o capô um motor 2.0 diesel de duplo turbo e quatro cilindros, com potência de 213 cavalos e torque de 51 kgfm. Sua transmissão automática de 10 velocidades é a mesma usada na F-150 Raptor.

Na comparação com a Ranger normal, a Raptor tem porte maior em todos os ângulos, com 5,40 m de comprimento, 2,10 m de largura e 1,87 m de altura. Sua capacidade fora-de-estrada é reforçada também pela excepcional altura livre do solo (28,3 cm) e pelos ângulos de entrada e saída de 32,5º e 24º, respectivamente. As rodas são de 17 polegadas, com pneus todo-terreno 285/70 R17.

O chassi da picape é feito com ligas de aço de alta resistência e geometria especial para acomodar a suspensão reforçada, com amortecedores Fox exclusivos. Os freios têm pistões duplos na dianteira, com discos ventilados de 332 x 32 mm, e discos ventilados de 332 x 24 mm com booster na traseira. 

Os para-choques feitos de compósito incorporam ganchos duplos para reboque, com capacidade de 4,5 toneladas na dianteira e de 3,8 toneladas na traseira. O assoalho é protegido por uma chapa de aço de alta resistência com 2,3 mm de espessura.

O sistema de gerenciamento de terreno da Ranger Raptor oferece seis modos de direção, sendo dois para estrada e quatro para fora-de-estrada, selecionados por comandos no volante. Os modos de estrada incluem a opção Normal, para conforto e economia, e Sport, com trocas rápidas.

Os modos off-road incluem: neve/grama/cascalho; lama/areia; pedra; e baja, que reduz a atuação do sistema de estabilidade e aumenta a resposta do acelerador para fora-de-estrada em alta velocidade. A Ford não informou os preços e a previsão de chegada do carro ao mercado brasileiro

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *