banner-3

EM SÃO PAULO

Ministra diz esperar que STF tenha “bom senso” e derrube tabela de frete

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, dia 17, em São Paulo, que espera que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) “tenham bom senso” ao decidir sobre frete rodoviário e derrubem o tabelamento. “Não tem cabimento, numa economia de mercado, termos um tabelamento”, criticou Tereza Cristina, que lamentou também o contingenciamento de…

17 de junho de 2019 às 17h20
Por Canal Rural

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, dia 17, em São Paulo, que espera que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) “tenham bom senso” ao decidir sobre frete rodoviário e derrubem o tabelamento.

“Não tem cabimento, numa economia de mercado, termos um tabelamento”, criticou Tereza Cristina, que lamentou também o contingenciamento de recursos para a área de defesa agropecuária e sanidade animal, diante dos riscos para a produção brasileira e para a exportações.

‘Vamos fazer com que pequenos e médios tenham mais acesso a crédito’, diz Tereza Cristina

4 comentários

  1. […] 17 de junho de 2019 às 17:20 […]

  2. Antônio Carlos da silva em 17 de junho de 2019 às 21:39

    Está nobre senhora diz não ter cabimento a tabela de frete, mas vou citar um único exemplo: tem cabimento hoje, esses “unha de fome”, pagar um frete de fertilizante, de Paranaguá a Rondonópolis que não cobre as despesas do caminhão para fazer a viagem, e vcs desse canal rural poderiam me explicar.

  3. Carlos em 17 de junho de 2019 às 21:56

    Agora tanto faz derrubar ou não essa tabela as transportadoras estão ampliando as frotas e vai acabar os autônomos, gerando um monopólio do transporte rodoviário e o frete vai custar muito mais caro que a tabela de fretes. A tabela seria uma solução, mas agora já era todos vamos pagar o preço. Tudo por conta dos poderosos do agronegócio que só olham para o próprio umbigo e compram caminhões só para transportar exportações e a população que se ferre.

  4. Edilson Alves Feitosa em 17 de junho de 2019 às 21:59

    Boa noite certo a ministra não sabe q não tem cancelamento de frente ninguém tá pagando alguém tá ficando com a maior parte dos frente tenha certeza que o altonomo não é

Deixe um Comentário





banner-3

EM SÃO PAULO

Ministra diz esperar que STF tenha “bom senso” e derrube tabela de frete

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, dia 17, em São Paulo, que espera que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) “tenham bom senso” ao decidir sobre frete rodoviário e derrubem o tabelamento. “Não tem cabimento, numa economia de mercado, termos um tabelamento”, criticou Tereza Cristina, que lamentou também o contingenciamento de…

17 de junho de 2019 às 17h20
Por Canal Rural

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, dia 17, em São Paulo, que espera que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) “tenham bom senso” ao decidir sobre frete rodoviário e derrubem o tabelamento.

“Não tem cabimento, numa economia de mercado, termos um tabelamento”, criticou Tereza Cristina, que lamentou também o contingenciamento de recursos para a área de defesa agropecuária e sanidade animal, diante dos riscos para a produção brasileira e para a exportações.

‘Vamos fazer com que pequenos e médios tenham mais acesso a crédito’, diz Tereza Cristina

4 comentários

  1. […] 17 de junho de 2019 às 17:20 […]

  2. Antônio Carlos da silva em 17 de junho de 2019 às 21:39

    Está nobre senhora diz não ter cabimento a tabela de frete, mas vou citar um único exemplo: tem cabimento hoje, esses “unha de fome”, pagar um frete de fertilizante, de Paranaguá a Rondonópolis que não cobre as despesas do caminhão para fazer a viagem, e vcs desse canal rural poderiam me explicar.

  3. Carlos em 17 de junho de 2019 às 21:56

    Agora tanto faz derrubar ou não essa tabela as transportadoras estão ampliando as frotas e vai acabar os autônomos, gerando um monopólio do transporte rodoviário e o frete vai custar muito mais caro que a tabela de fretes. A tabela seria uma solução, mas agora já era todos vamos pagar o preço. Tudo por conta dos poderosos do agronegócio que só olham para o próprio umbigo e compram caminhões só para transportar exportações e a população que se ferre.

  4. Edilson Alves Feitosa em 17 de junho de 2019 às 21:59

    Boa noite certo a ministra não sabe q não tem cancelamento de frente ninguém tá pagando alguém tá ficando com a maior parte dos frente tenha certeza que o altonomo não é

Deixe um Comentário