Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Meio ambiente: retórica radical de Bolsonaro afeta imagem do Brasil, segundo Maia

CRÍTICAS

Meio ambiente: retórica radical de Bolsonaro afeta imagem do Brasil, segundo Maia

O presidente da Câmara afirmou ainda que posição agressiva de Bolsonaro também exerceu efeito negativo sobre o crescimento da economia

13 de agosto de 2019 às 10h52
Por Agência Safras
Rodrigo Maia

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o radicalismo do presidente Jair Bolsonaro em relação a alguns temas e a forma como ele defende seus posicionamentos são negativos para o Brasil e afastam alguns investidores do país. “Às vezes a retórica tira dele a oportunidade de ter um governo crescendo mais rápido. Muitos investidores ficam incomodados com alguns discursos do presidente”, disse Maia em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 12.

 Segundo Maia, alguns discursos do presidente afetam sim a imagem do Brasil, como por exemplo a questão do meio ambiente. A fala do presidente da Câmara faz referência aos questionamentos recorrentes de Bolsonaro sobre a atuação de organizações internacionais na Amazônia e os frequentes questionamentos do presidente aos números sobre o desmatamento na região. 

Maia também disse que a retórica agressiva de Bolsonaro e de membros do governo em relação ao Congresso também exerceu efeito negativo sobre o crescimento da economia. 

“Eu acho que (a retórica) atrapalhou nos primeiros meses do governo”, disse ele, mencionando que por causa da troca de farpas entre os poderes, os agentes econômicos chegaram à conclusão que não seria aprovada a reforma da Previdência. 

 “Poderia ter tido ambiente de radicalização no parlamento também. O parlamento que teve maturidade e responsabilidade naquele momento de entender que aquela pauta era mais importante do que o conflito com o presidente”, afirmou. 

Nova call to action

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Meio ambiente: retórica radical de Bolsonaro afeta imagem do Brasil, segundo Maia

CRÍTICAS

Meio ambiente: retórica radical de Bolsonaro afeta imagem do Brasil, segundo Maia

O presidente da Câmara afirmou ainda que posição agressiva de Bolsonaro também exerceu efeito negativo sobre o crescimento da economia

13 de agosto de 2019 às 10h52
Por Agência Safras
Rodrigo Maia

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o radicalismo do presidente Jair Bolsonaro em relação a alguns temas e a forma como ele defende seus posicionamentos são negativos para o Brasil e afastam alguns investidores do país. “Às vezes a retórica tira dele a oportunidade de ter um governo crescendo mais rápido. Muitos investidores ficam incomodados com alguns discursos do presidente”, disse Maia em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 12.

 Segundo Maia, alguns discursos do presidente afetam sim a imagem do Brasil, como por exemplo a questão do meio ambiente. A fala do presidente da Câmara faz referência aos questionamentos recorrentes de Bolsonaro sobre a atuação de organizações internacionais na Amazônia e os frequentes questionamentos do presidente aos números sobre o desmatamento na região. 

Maia também disse que a retórica agressiva de Bolsonaro e de membros do governo em relação ao Congresso também exerceu efeito negativo sobre o crescimento da economia. 

“Eu acho que (a retórica) atrapalhou nos primeiros meses do governo”, disse ele, mencionando que por causa da troca de farpas entre os poderes, os agentes econômicos chegaram à conclusão que não seria aprovada a reforma da Previdência. 

 “Poderia ter tido ambiente de radicalização no parlamento também. O parlamento que teve maturidade e responsabilidade naquele momento de entender que aquela pauta era mais importante do que o conflito com o presidente”, afirmou. 

Nova call to action

Deixe um Comentário





Mais Notícias