MERCADO INTERNACIONAL

Melão: receita com exportações cresce 23% em relação a 2016

A exclusividade do Brasil em abastecer a União Europeia estimulou a valorização da cultura

Fonte: Pixabay

As exportações brasileiras de melão cresceram em novembro frente ao mês anterior e também ao mesmo período do ano passado – tanto em termos de volume quanto de receita. Segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), no mês passado, foram embarcadas 42,6 mil toneladas da fruta, com receita de US$ 31,2 milhões, respectivas altas de 9% e de 23% frente a novembro de 2016.

Os envios à União Europeia costumam aumentar nesta época, para atender a demanda para as festas de fim de ano. Além disso, a exclusividade do Brasil em abastecer a UE no período estimulou a valorização do melão.

De acordo com o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), apenas o melão brasileiro tem entrado nos portos de Rotterdam (Holanda) e de New Covent Garden (Reino Unido) – os de maior importância para o mercado.

Em novembro, o melão amarelo teve média de US$ 11,24 por caixa de 10 quilos no mercado britânico, alta de 10% frente ao mesmo mês do ano passado. No porto holandês, a média da variedade foi de US$ 9,53 por caixa de 10 quilos.

No início do próximo ano, porém, a entrada de outros países fornecedores, como Honduras e Costa Rica, no mercado europeu deve pressionar os valores pagos pelo produto brasileiro.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *