Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Dólar sobe 0,72% e fecha pregão em R$ 3,79 nesta quarta

CÂMBIO

Dólar sobe 0,72% e fecha pregão em R$ 3,79 nesta quarta

Semana será marcada pela baixa liquidez, em virtude feriados no Brasil e nos Estados Unidos

21 de novembro de 2018 às 19h09
Por Agência Brasil
dólar

Foto: Pixabay

A moeda norte-americana encerrou o pregão desta quarta, dia 21, em alta de 0,72%, cotada a R$ 3,7901 para venda. O dólar mantém a tendência de valorização na semana, após fechar a segunda-feira, dia 19, também em alta, de 0,69%. A semana será marcada pela baixa liquidez da moeda, em virtude do feriado de terça, dia 20, Dia da Consciência Negra, e de quinta, dia 22, no mercado norte-americano, pelo Dia de Ação de Graças.

O Banco Central manteve a política tradicional de swaps cambial, sem leilões extraordinários de venda futura do dólar.

O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), fechou em queda de 0,72%, com 87.268 pontos. Os papéis das grandes companhias, chamados de blue chip, também acompanharam a tendência de desvalorização no pregão de hoje. Registraram queda as ações da Petrobras (-3,27%), da Vale (-1,82%) e do Bradesco (-1%), além das do Itaú, que tiveram forte desvalorização de 34,22%.

CATEGORIAS:

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Dólar sobe 0,72% e fecha pregão em R$ 3,79 nesta quarta

CÂMBIO

Dólar sobe 0,72% e fecha pregão em R$ 3,79 nesta quarta

Semana será marcada pela baixa liquidez, em virtude feriados no Brasil e nos Estados Unidos

21 de novembro de 2018 às 19h09
Por Agência Brasil
dólar

Foto: Pixabay

A moeda norte-americana encerrou o pregão desta quarta, dia 21, em alta de 0,72%, cotada a R$ 3,7901 para venda. O dólar mantém a tendência de valorização na semana, após fechar a segunda-feira, dia 19, também em alta, de 0,69%. A semana será marcada pela baixa liquidez da moeda, em virtude do feriado de terça, dia 20, Dia da Consciência Negra, e de quinta, dia 22, no mercado norte-americano, pelo Dia de Ação de Graças.

O Banco Central manteve a política tradicional de swaps cambial, sem leilões extraordinários de venda futura do dólar.

O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), fechou em queda de 0,72%, com 87.268 pontos. Os papéis das grandes companhias, chamados de blue chip, também acompanharam a tendência de desvalorização no pregão de hoje. Registraram queda as ações da Petrobras (-3,27%), da Vale (-1,82%) e do Bradesco (-1%), além das do Itaú, que tiveram forte desvalorização de 34,22%.

CATEGORIAS:

Deixe um Comentário





Mais Notícias