Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Diesel: após reajuste de 13%, caminhoneiros pedem audiência sobre assunto

IMPASSE

Diesel: após reajuste de 13%, caminhoneiros pedem audiência sobre assunto

Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou que espera que o governo mantenha subvenção de R$ 0,46 sobre o combustível

03 de setembro de 2018 às 11h20
Por Canal Rural, com informações da Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou nesta segunda-feira, 3, que solicitou à Casa Civil uma audiência sobre a alta do preço do óleo diesel, reajustado em 13% pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na última sexta-feira, dia 31. Com o aumento, o preço passou de R$ 2,0316 para R$ 2,2964.

“A entidade entende que, independente do aumento do preço internacional, o governo deve cumprir a medida provisória 838/2018 e manter a subvenção de R$ 0,46 do valor do diesel até o final do ano”, informou a Abcam em comunicado.

Devido ao aumento do preço do combustível, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) também anunciou que irá ajustar a tabela de fretes. Segundo o órgão, a Lei 13.703, que instituiu a Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas, prevê que uma nova tabela deve ser publicada quando houver oscilação superior a 10% no preço do óleo diesel no mercado nacional.

Este é o primeiro reajuste do diesel desde junho, quando, em acordo com os caminhoneiros em greve, o governo congelou até o fim de 2018 o preço do produto nas refinarias em R$ 2,0316 por litro.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Diesel: após reajuste de 13%, caminhoneiros pedem audiência sobre assunto

IMPASSE

Diesel: após reajuste de 13%, caminhoneiros pedem audiência sobre assunto

Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou que espera que o governo mantenha subvenção de R$ 0,46 sobre o combustível

03 de setembro de 2018 às 11h20
Por Canal Rural, com informações da Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou nesta segunda-feira, 3, que solicitou à Casa Civil uma audiência sobre a alta do preço do óleo diesel, reajustado em 13% pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na última sexta-feira, dia 31. Com o aumento, o preço passou de R$ 2,0316 para R$ 2,2964.

“A entidade entende que, independente do aumento do preço internacional, o governo deve cumprir a medida provisória 838/2018 e manter a subvenção de R$ 0,46 do valor do diesel até o final do ano”, informou a Abcam em comunicado.

Devido ao aumento do preço do combustível, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) também anunciou que irá ajustar a tabela de fretes. Segundo o órgão, a Lei 13.703, que instituiu a Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas, prevê que uma nova tabela deve ser publicada quando houver oscilação superior a 10% no preço do óleo diesel no mercado nacional.

Este é o primeiro reajuste do diesel desde junho, quando, em acordo com os caminhoneiros em greve, o governo congelou até o fim de 2018 o preço do produto nas refinarias em R$ 2,0316 por litro.

Deixe um Comentário





Mais Notícias