Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Deputados aprovam MP que concede subsídio para reduzir preço do diesel

REIVINDICAÇÃO

Deputados aprovam MP que concede subsídio para reduzir preço do diesel

Iniciativa não impede alta do combustível em razão de variáveis de mercado, como o dólar. Texto apenas concede um desconto pago com recursos públicos para manter o compromisso de redução de R$ 0,46 nas bombas

05 de setembro de 2018 às 11h51
Por Agência Câmara

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, dia 4, a medida provisória 838/2018, que concede subsídio com recursos da União para reduzir o preço do óleo diesel rodoviário até 31 de dezembro de 2018. A matéria, que perde validade durante as eleições, ainda será votada pelo Senado. A MP foi uma das principais reivindicações dos caminhoneiros, cuja greve no fim de maio provocou crise de abastecimento de combustíveis e de produtos em todo o país.

O total de recursos direcionado à subvenção será de R$ 9,5 bilhões e será limitado a R$ 0,30 por litro do combustível. Caberá à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estabelecer um preço de referência (vinculado ao preço real na refinaria) e um preço de comercialização para as distribuidoras de forma regionalizada.

Assim, os participantes do programa de subsídio, como produtores e importadores ou distribuidores quando importarem diretamente, receberão a diferença entre o preço de referência e o preço da comercialização multiplicada pelos litros vendidos até o máximo de R$ 0,30 por litro.

No entanto, a iniciativa do governo não impede o aumento do preço do óleo diesel em razão das condições de mercado do setor (valor do petróleo, do óleo refinado e alta do dólar) – o texto apenas concede um desconto pago com recursos do Orçamento federal para manter o compromisso de redução de R$ 0,46 nas bombas dos postos.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Deputados aprovam MP que concede subsídio para reduzir preço do diesel

REIVINDICAÇÃO

Deputados aprovam MP que concede subsídio para reduzir preço do diesel

Iniciativa não impede alta do combustível em razão de variáveis de mercado, como o dólar. Texto apenas concede um desconto pago com recursos públicos para manter o compromisso de redução de R$ 0,46 nas bombas

05 de setembro de 2018 às 11h51
Por Agência Câmara

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, dia 4, a medida provisória 838/2018, que concede subsídio com recursos da União para reduzir o preço do óleo diesel rodoviário até 31 de dezembro de 2018. A matéria, que perde validade durante as eleições, ainda será votada pelo Senado. A MP foi uma das principais reivindicações dos caminhoneiros, cuja greve no fim de maio provocou crise de abastecimento de combustíveis e de produtos em todo o país.

O total de recursos direcionado à subvenção será de R$ 9,5 bilhões e será limitado a R$ 0,30 por litro do combustível. Caberá à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estabelecer um preço de referência (vinculado ao preço real na refinaria) e um preço de comercialização para as distribuidoras de forma regionalizada.

Assim, os participantes do programa de subsídio, como produtores e importadores ou distribuidores quando importarem diretamente, receberão a diferença entre o preço de referência e o preço da comercialização multiplicada pelos litros vendidos até o máximo de R$ 0,30 por litro.

No entanto, a iniciativa do governo não impede o aumento do preço do óleo diesel em razão das condições de mercado do setor (valor do petróleo, do óleo refinado e alta do dólar) – o texto apenas concede um desconto pago com recursos do Orçamento federal para manter o compromisso de redução de R$ 0,46 nas bombas dos postos.

Deixe um Comentário





Mais Notícias