MERCADO

Cotação média do açúcar atinge o menor patamar em 10 anos

O recuo dos preços esteve atrelado à oferta do produto no mercado interno, que foi suficiente para atender a procura nos meses de entressafra

Fonte: Pixabay/divulgação

A safra 2017/2018 de cana foi oficialmente encerrada em março, quando o indicador do açúcar cristal Cepea/Esalq (cor icumsa de 130 até 180) teve média de R$ 51,32 a saca de 50 quilos. Este valor não era observado desde dezembro de 2008, em termos nominais.

Segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o recuo dos preços esteve atrelado à oferta de açúcar, que foi suficiente para atender a procura nos meses de entressafra.

Nas últimas duas semanas, especificamente, os preços do cristal voltaram a subir no mercado à vista paulista, influenciados pelo aumento da demanda por parte de compradores. Isso acontece porque, por enquanto, as usinas do estado de São Paulo que deram início à moagem da cana-de-açúcar da nova safra 2018/2019 têm priorizado a produção do etanol.

Entre os dias 26 de março a 2 de abril, o indicador Cepea/Esalq, cor icumsa de 130 até 180, subiu 2,2%, fechando a R$ 53,48 a saca de 50 quilos nesta segunda-feira, dia 2.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *