CENÁRIO FAVORÁVEL

Cotação do algodão sobe mais de 6% em março

A oferta do produto segue baixa no mercado interno e muitas empresas precisam repor seus estoques

Fonte: Antonio Alencar/Canal Rural

A oferta de algodão segue baixa no mercado interno, o que tem mantido os preços da pluma em alta. A demanda, por sua vez, segue firme. Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), muitas empresas precisam repor seus estoques, e muitos comerciantes têm contratos para cumprir.

No acumulado de março, o indicador do algodão Cepea/Esalq, com pagamento em 8 dias, subiu significativos 6,63% e, no primeiro trimestre de 2018, quase 14%.

Diante dessas elevações, a média de março, de R$ 2,9876 a libra-peso, atingiu o maior patamar desde julho de 2011, sendo 7,08% superior à do mês anterior e 8,4% maior que a de março de 2017 (dados atualizados pelo IGP-DI fevereiro de 2018).

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *