ESTIMATIVA

Ao contrário do mercado, Conab diz que safra de soja vai cair

A entidade também projeta um recuo de 10,8% na produção total de milho

Fonte: Amaggi

A produção grãos na safra 2017/2018 deverá ter um aumento de 466,3 mil toneladas (0,2%) em relação ao levantamento realizado no mês passado, podendo chegar a 226 milhões de toneladas. Os dados são do 6º Levantamento da Safra de Grãos 2017/2018, divulgado nesta quinta-feira, dia 8, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O aumento é resultado do avanço da colheita de soja, principal cultura do país, que tem confirmado boas produtividades. Apesar disso, a safra atual de grãos deverá ficar aquém da que ocorreu em 2016/2017, em termos de produção. O estudo indica que o recuo agora é de 4,9%. Mesmo assim, o país ainda deverá colher a segunda maior safra de grãos de todos os tempos.

Soja
A Conab estimou a safra de soja no ciclo 2017/2018 em 113,02 milhões de toneladas, o que representa uma queda de 0,9% em relação à produção de 2016/2017. A entidade também projeta um crescimento de 3,4% na área semeada, atingindo 35,046 mil hectares plantados.  A produtividade deve chegar a 3.225 quilos por hectare, sendo a segunda maior produtividade média do país.

Milho
A produção total de milho deverá atingir 87,2 milhões de toneladas, contra 97,8 milhões de toneladas da safra 2016/2017. Com essa redução, a queda chega a 10,8%.

A primeira safra do cereal está estimada em 25,1 milhões de toneladas, queda de 17,5% em relação ao ciclo anterior, que chegou a 30,4 milhões de toneladas. Para a segunda safra, a projeção é de queda. É estimada uma produção de 65,1 milhões de toneladas contra 67,3 milhões de toneladas, redução de 7,8%.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *