Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » China vai reduzir tarifas de importação de mais de 700 produtos

A PARTIR DE 2019

China vai reduzir tarifas de importação de mais de 700 produtos

Com a decisão, o governo chinês espera manter a economia em alta e elevar o comércio exterior

25 de dezembro de 2018 às 10h02
Por Canal Rural, com informações da Agência Brasil

Foto: G20

O governo da China vai diminuir e até remover tarifas de importação de mais de 700 itens de produtos a partir de 1º de janeiro de 2019. A confirmação foi transmitida por comunicado oficial do Ministério da Fazenda do país e faz parte de um pacote de ajuste tarifário anunciado na segunda-feira, 24.

Com a decisão, o governo chinês espera manter a economia em alta e elevar o comércio exterior. Nos últimos meses, os embates com o governo norte-americano acenderam a luz de alerta em Pequim, advertindo sobre eventuais situações no futuro.

“Impostos sobre algumas importações de pele serão reduzidos, enquanto taxas tarifárias de importação temporárias continuarão sendo aplicadas sobre equipamentos avançados muito necessários como motores de aeronave e também produtos como alimentos naturais”, disse a pasta em comunicado.

Nova call to action

Outro ponto importante é que o país asiático vai retirar impostos de exportação sobre produtos, incluindo fertilizantes químicos e minérios de ferro.

China confirma nova discussão comercial com os EUA em janeiro

 

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » China vai reduzir tarifas de importação de mais de 700 produtos

A PARTIR DE 2019

China vai reduzir tarifas de importação de mais de 700 produtos

Com a decisão, o governo chinês espera manter a economia em alta e elevar o comércio exterior

25 de dezembro de 2018 às 10h02
Por Canal Rural, com informações da Agência Brasil

Foto: G20

O governo da China vai diminuir e até remover tarifas de importação de mais de 700 itens de produtos a partir de 1º de janeiro de 2019. A confirmação foi transmitida por comunicado oficial do Ministério da Fazenda do país e faz parte de um pacote de ajuste tarifário anunciado na segunda-feira, 24.

Com a decisão, o governo chinês espera manter a economia em alta e elevar o comércio exterior. Nos últimos meses, os embates com o governo norte-americano acenderam a luz de alerta em Pequim, advertindo sobre eventuais situações no futuro.

“Impostos sobre algumas importações de pele serão reduzidos, enquanto taxas tarifárias de importação temporárias continuarão sendo aplicadas sobre equipamentos avançados muito necessários como motores de aeronave e também produtos como alimentos naturais”, disse a pasta em comunicado.

Nova call to action

Outro ponto importante é que o país asiático vai retirar impostos de exportação sobre produtos, incluindo fertilizantes químicos e minérios de ferro.

China confirma nova discussão comercial com os EUA em janeiro

 

Deixe um Comentário





Mais Notícias