Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Chico Maia assume presidência da Acrisul

Chico Maia assume presidência da Acrisul

Objetivo é manter a classe unida durante a crise que assola o setorDepois de 10 anos, a Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrisul) passa a ter um novo presidente. O pecuarista e empresário Francisco Maia (o Chico Maia) assumiu esta semana o comando da entidade. Um dos desafios do sucessor de Laucídio Coelho Neto será manter a classe unida durante a crise que assola o setor.

28 de maio de 2009 às 14h51
Por Luiz Patroni | Campo Grande (MS)

Chico Maia se tornou o 26º presidente da mais antiga associação do Estado, criada há 78 anos. Nos próximos dois anos, ele promete trabalhar para promover ainda mais a pecuária sul-mato-grossense, batalhar para manter a união e o desenvolvimento do setor mesmo em momentos de crise e lutar pelos interesses da classe produtora. Entre eles a redução da carga tributária que incide na cadeia produtiva.

? É preciso batalhar para desonerar a carga tributária, que acaba reduzindo a competitividade do setor. Em países da Europa e também nos EUA, o governo apóia a classe subsidiando a produção. Precisamos lutar para que o governo brasileiro também siga este exemplo.

Outro projeto da nova diretoria é otimizar o uso do Parque de Exposições Laucídio Coelho. A idéia é aproveitar a estrutura e ampliar o número de eventos agropecuários realizados aqui. Outra meta é internacionalizar a Expogrande, trazendo criadores de outros países da América do Sul para participar da feira. Além disso, Chico Maia pensa em promover uma exposição específica para a pecuária leiteira, uma outra voltada aos criadores de cavalo, ampliar a feira de reprodutores transformando-a em Expogenética e ainda, trazer de volta a Expoinel para Parque de Exposições.

? O grande objetivo é dar vida ao Parque de Exposições, transformando-o em um grande shopping a céu aberto, onde além das feiras, o pecuarista encontre um ponto de encontro e comercialização de produtos agropecuários.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Pecuária » Chico Maia assume presidência da Acrisul

Chico Maia assume presidência da Acrisul

Objetivo é manter a classe unida durante a crise que assola o setorDepois de 10 anos, a Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrisul) passa a ter um novo presidente. O pecuarista e empresário Francisco Maia (o Chico Maia) assumiu esta semana o comando da entidade. Um dos desafios do sucessor de Laucídio Coelho Neto será manter a classe unida durante a crise que assola o setor.

28 de maio de 2009 às 14h51
Por Luiz Patroni | Campo Grande (MS)

Chico Maia se tornou o 26º presidente da mais antiga associação do Estado, criada há 78 anos. Nos próximos dois anos, ele promete trabalhar para promover ainda mais a pecuária sul-mato-grossense, batalhar para manter a união e o desenvolvimento do setor mesmo em momentos de crise e lutar pelos interesses da classe produtora. Entre eles a redução da carga tributária que incide na cadeia produtiva.

? É preciso batalhar para desonerar a carga tributária, que acaba reduzindo a competitividade do setor. Em países da Europa e também nos EUA, o governo apóia a classe subsidiando a produção. Precisamos lutar para que o governo brasileiro também siga este exemplo.

Outro projeto da nova diretoria é otimizar o uso do Parque de Exposições Laucídio Coelho. A idéia é aproveitar a estrutura e ampliar o número de eventos agropecuários realizados aqui. Outra meta é internacionalizar a Expogrande, trazendo criadores de outros países da América do Sul para participar da feira. Além disso, Chico Maia pensa em promover uma exposição específica para a pecuária leiteira, uma outra voltada aos criadores de cavalo, ampliar a feira de reprodutores transformando-a em Expogenética e ainda, trazer de volta a Expoinel para Parque de Exposições.

? O grande objetivo é dar vida ao Parque de Exposições, transformando-o em um grande shopping a céu aberto, onde além das feiras, o pecuarista encontre um ponto de encontro e comercialização de produtos agropecuários.

Deixe um Comentário





Mais Notícias