Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » BR-163: bloqueio de caminhões em MT é ampliado até sexta-feira

ATOLEIROS

BR-163: bloqueio de caminhões em MT é ampliado até sexta-feira

Após avaliação técnica, o DNIT também determinou a paralisação do tráfego de carretas entre Moraes Almeida e Novo Progresso, no Pará

05 de março de 2019 às 09h39
Por Francielle Bertolacini, de São Paulo

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou na manhã desta terça-feira, dia 5, que vai ampliar a data de bloqueio de caminhões da BR-163, em Guarantã do Norte (MT), até a próxima sexta-feira, 8. Antes, o órgão havia informado que os motoristas de carretas ficariam proibidos de subir ao Pará pela rodovia até a quarta-feira, 6.

O objetivo da medida é evitar que mais caminhões acessem a BR-163 no Pará. A rodovia tem sofrido há dias por fortes chuvas que causaram atoleiros e formaram filas de carretas. O local é um dos principais acessos de escoamento de soja pelo Arco Norte.

DNIT também bloqueia trecho no Pará

Segundo o DNIT, após avaliações técnicas, foi constatado que o trecho entre Moraes Almeida (PA) e Novo Progresso (PA) está degradado, necessitando de bloqueio e de ações emergenciais para reestabelecimento da via em cinco segmentos.

“Tais segmentos estão situados em região de aclives compreendidos entre as serras da Castanheira e da Santinha. Com a degradação, o trecho está intrafegável e necessita de bloqueio no local até a próxima sexta-feira, 8 de março, a fim de permitir a execução de medidas emergenciais para reestabelecimento da via”, informou.

Arte atoleiros BR163

Imagem: Google

Foi determinado ainda que os trabalhos de manutenção, bem como de produção de rochas para melhora das condições da rodovia, ocorram 24 horas por dia.

 

Pista de retorno liberada

Nesta segunda-feira, a pista de retorno do Porto Itaituba a Mato Grosso foi totalmente liberada.

Alimentação e saúde

A prestação de assistência de saúde deve continuar na região, com a disponibilização de duas ambulâncias, além de equipe médica. Refeições e água potável estão sendo disponibilizadas diariamente aos caminhoneiros que estão no local. O último levantamento do Exército contabilizou 84 mil litros de água e 400 marmitas distribuídos.

Ministro da Infraestrutura promete R$ 200 milhões 

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, prometeu recursos de R$ 200 milhões para pavimentar a  BR-163. Segundo ele, o dinheiro para a conclusão da pavimentação já existe e  é preciso apenas um período de tempo seco para que as obras comecem. Assista a entrevista completa!

Miguel Daoud: atoleiros na BR-163 estão longe de ser resolvidos

3 comentários

  1. […] os motoristas que estão em Guarantã do Norte (MT) e têm como destino o Porto de Miritituba estão proibidos de seguir pela BR-163 no sentido do Arco Norte até sexta. O objetivo do bloqueio é evitar que mais caminhões fiquem presos nos atoleiros que se formaram […]

  2. […] Na terça, dia 5, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que a proibição do tráfego de carretas de Guarantã do Norte ao Pará deve ser mantido até sexta-fei… […]

  3. […] os motoristas que estão em Guarantã do Norte (MT) e têm como destino o Porto de Miritituba estão proibidos de seguir pela BR-163 no sentido do Arco Norte até sexta. O objetivo do bloqueio é evitar que mais caminhões fiquem presos nos atoleiros que se formaram […]

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » BR-163: bloqueio de caminhões em MT é ampliado até sexta-feira

ATOLEIROS

BR-163: bloqueio de caminhões em MT é ampliado até sexta-feira

Após avaliação técnica, o DNIT também determinou a paralisação do tráfego de carretas entre Moraes Almeida e Novo Progresso, no Pará

05 de março de 2019 às 09h39
Por Francielle Bertolacini, de São Paulo

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou na manhã desta terça-feira, dia 5, que vai ampliar a data de bloqueio de caminhões da BR-163, em Guarantã do Norte (MT), até a próxima sexta-feira, 8. Antes, o órgão havia informado que os motoristas de carretas ficariam proibidos de subir ao Pará pela rodovia até a quarta-feira, 6.

O objetivo da medida é evitar que mais caminhões acessem a BR-163 no Pará. A rodovia tem sofrido há dias por fortes chuvas que causaram atoleiros e formaram filas de carretas. O local é um dos principais acessos de escoamento de soja pelo Arco Norte.

DNIT também bloqueia trecho no Pará

Segundo o DNIT, após avaliações técnicas, foi constatado que o trecho entre Moraes Almeida (PA) e Novo Progresso (PA) está degradado, necessitando de bloqueio e de ações emergenciais para reestabelecimento da via em cinco segmentos.

“Tais segmentos estão situados em região de aclives compreendidos entre as serras da Castanheira e da Santinha. Com a degradação, o trecho está intrafegável e necessita de bloqueio no local até a próxima sexta-feira, 8 de março, a fim de permitir a execução de medidas emergenciais para reestabelecimento da via”, informou.

Arte atoleiros BR163

Imagem: Google

Foi determinado ainda que os trabalhos de manutenção, bem como de produção de rochas para melhora das condições da rodovia, ocorram 24 horas por dia.

 

Pista de retorno liberada

Nesta segunda-feira, a pista de retorno do Porto Itaituba a Mato Grosso foi totalmente liberada.

Alimentação e saúde

A prestação de assistência de saúde deve continuar na região, com a disponibilização de duas ambulâncias, além de equipe médica. Refeições e água potável estão sendo disponibilizadas diariamente aos caminhoneiros que estão no local. O último levantamento do Exército contabilizou 84 mil litros de água e 400 marmitas distribuídos.

Ministro da Infraestrutura promete R$ 200 milhões 

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, prometeu recursos de R$ 200 milhões para pavimentar a  BR-163. Segundo ele, o dinheiro para a conclusão da pavimentação já existe e  é preciso apenas um período de tempo seco para que as obras comecem. Assista a entrevista completa!

Miguel Daoud: atoleiros na BR-163 estão longe de ser resolvidos

3 comentários

  1. […] os motoristas que estão em Guarantã do Norte (MT) e têm como destino o Porto de Miritituba estão proibidos de seguir pela BR-163 no sentido do Arco Norte até sexta. O objetivo do bloqueio é evitar que mais caminhões fiquem presos nos atoleiros que se formaram […]

  2. […] Na terça, dia 5, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que a proibição do tráfego de carretas de Guarantã do Norte ao Pará deve ser mantido até sexta-fei… […]

  3. […] os motoristas que estão em Guarantã do Norte (MT) e têm como destino o Porto de Miritituba estão proibidos de seguir pela BR-163 no sentido do Arco Norte até sexta. O objetivo do bloqueio é evitar que mais caminhões fiquem presos nos atoleiros que se formaram […]

Deixe um Comentário





Mais Notícias