SAÚDE

Bovinos produzem anticorpos que impedem infecção por HIV

Além de produzirem naturamente a defesa contra o vírus, este processo leva apenas poucos meses, impedindo que a doença se instale no organismo do animal

Fonte: Henrique Bighetti/Canal Rural

Um estudo recente publicado pela revista britânica Nature, mostrou que pesquisadores da International Aids Vaccine Initiative e do Scripps Research Institute, ambas dos Estados Unidos, descobriram que o organismo dos bovinos é capaz de criar anticorpos que impedem a infecção por HIV. Outro fato interessante foi que as vacas levam apenas meses para se proteger, enquanto estudos indicam que um ser humano levaria mais de quatro anos para o mesmo processo.

Os anticorpos em questão são chamados de bnabs (broadly neutralizing antibodies, em inglês), e seriam os responsáveis por impedir que a maioria das cepas de HIV infectem células. Nos bovinos testados, seuss anticorpos conseguiram neutralizar 96% destas cepas, em laboraório, em 381 dias apenas.

Para se ter uma ideia, de 10% a 20% das pessoas infectadas pelo vírus desenvolvem os tais bnabs naturamente, mas isso ocorre cerca de dois anos após contrair o vírus. Neste momento, eles não são mais eficazes, pois o HIV já está instalado no organismo, apontou a reportagem realizada pela emissora britânica BBC.

Segundo os pesquisadores, os bovinos podem ajudar no processo de acelerar este processo em humanos, apesar de seus bnabs não serem indicados para uso clínico em humanos na forma atual. A ideia é explorar esta nova descoberta para desenvolver novas técnicas de acelerar a imunização em humanos.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *