MERCADO

Altas do trigo puxam cotação da farinha

O volume de cereal disponível no mercado nacional ainda é baixo, o que mantém produtores firmes nos preços pedidos

Fonte: Pixabay

As elevações do trigo em grão têm sido repassadas às farinhas, ainda que aos poucos. Das sete diferentes farinhas acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), apenas duas – para pré-mistura e para massas frescas – se desvalorizaram na semana passada.

Quanto ao farelo, a demanda está um pouco mais aquecida, devido aos fortes avanços nas cotações do milho.

Em relação ao trigo em grão, as cotações também estão em alta, impulsionadas pelo período de entressafra. Além disso, o maior custo com a importação e os atrasos nos embarques do cereal argentino têm direcionado compradores ao mercado doméstico.

O volume disponível no mercado nacional ainda é baixo, o que mantém produtores firmes nos preços pedidos – muitos estão fazendo caixa com a venda de soja e de milho.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *