Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Soja » Tradings não querem mais comprar soja de alguns produtores; entenda!

IMPASSE

Tradings não querem mais comprar soja de alguns produtores; entenda!

Impasse envolve produtores do grão no Pará e a Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais (Abiove); um protesto está marcado para este domingo, 10

09 de novembro de 2019 às 17h04
Por Canal Rural
soja, grão, lavoura

Aprosoja Brasil deve entrar com uma reclamação no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) contra a moratória da soja. Foto: Mauro Osaki (Cepea)

Agricultores, sindicatos rurais e a Associação dos Produtores de Soja do Pará (Aprosoja-PA) fazem um encontro neste domingo, 10, para debater a moratória da soja. De um lado, produtores rurais alegam dificuldade em comercializar a soja cultivada no bioma amazônico. De outro, tradings afirmam que a negativa em adquirir o grão se trata de uma política que diz que a oleaginosa produzida no bioma não pode vir de áreas desmatadas depois de 2008.

“Existe um consumidor lá fora que diz ‘eu não quero soja de área desmatada da Amazônia’. Então, como fornecedores, precisamos cuidar desse mercado. Embora estejamos realmente prejudicando esses produtores que não vendem para nós, estamos garantindo mercado para a soja como um todo”, argumenta o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), André Nassar.

Diante do impasse, o presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz, afirma que a entidade entrará com uma reclamação no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) contra as empresas. Eles afirmam que a compra da soja não está sendo realizada mesmo apresentando a documentação exigida pelo Código Florestal.

3 comentários

  1. albano Martins vieira em 9 de novembro de 2019 às 19:48

    Não te preocupe produtores amazonenses um dia ele vai implorar pra que vcs venda esse produto a eles Querem bater no peito mas eles não tem o que o Brasil tem nos sabemos que a maior maquina de alimento do mundo somos nos

  2. Luzardo Sartori Filho. em 10 de novembro de 2019 às 07:58

    Na verdade é mais uma estratégia usada para comprar a soja a baixo preço.

  3. João Ribeiro Crisostomo em 10 de novembro de 2019 às 12:39

    Lamentável

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Soja » Tradings não querem mais comprar soja de alguns produtores; entenda!

IMPASSE

Tradings não querem mais comprar soja de alguns produtores; entenda!

Impasse envolve produtores do grão no Pará e a Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais (Abiove); um protesto está marcado para este domingo, 10

09 de novembro de 2019 às 17h04
Por Canal Rural
soja, grão, lavoura

Aprosoja Brasil deve entrar com uma reclamação no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) contra a moratória da soja. Foto: Mauro Osaki (Cepea)

Agricultores, sindicatos rurais e a Associação dos Produtores de Soja do Pará (Aprosoja-PA) fazem um encontro neste domingo, 10, para debater a moratória da soja. De um lado, produtores rurais alegam dificuldade em comercializar a soja cultivada no bioma amazônico. De outro, tradings afirmam que a negativa em adquirir o grão se trata de uma política que diz que a oleaginosa produzida no bioma não pode vir de áreas desmatadas depois de 2008.

“Existe um consumidor lá fora que diz ‘eu não quero soja de área desmatada da Amazônia’. Então, como fornecedores, precisamos cuidar desse mercado. Embora estejamos realmente prejudicando esses produtores que não vendem para nós, estamos garantindo mercado para a soja como um todo”, argumenta o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), André Nassar.

Diante do impasse, o presidente da Aprosoja Brasil, Bartolomeu Braz, afirma que a entidade entrará com uma reclamação no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) contra as empresas. Eles afirmam que a compra da soja não está sendo realizada mesmo apresentando a documentação exigida pelo Código Florestal.

3 comentários

  1. albano Martins vieira em 9 de novembro de 2019 às 19:48

    Não te preocupe produtores amazonenses um dia ele vai implorar pra que vcs venda esse produto a eles Querem bater no peito mas eles não tem o que o Brasil tem nos sabemos que a maior maquina de alimento do mundo somos nos

  2. Luzardo Sartori Filho. em 10 de novembro de 2019 às 07:58

    Na verdade é mais uma estratégia usada para comprar a soja a baixo preço.

  3. João Ribeiro Crisostomo em 10 de novembro de 2019 às 12:39

    Lamentável

Deixe um Comentário





Mais Notícias