AGRICULTURA

Recorde: safra de grãos pode chegar a 234 milhões de toneladas

Com produção recorde, o aumento estimado é de 25,6% em relação ao ciclo anterior

Fonte: Seagro-TO/divulgação

A safra de grãos 2016/2017 dá um novo salto no recorde e pode chegar a 234,3 milhões de toneladas, com um aumento de 25,6% em relação ao ciclo anterior. De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira, dia 8, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) o crescimento de área e as produtividades médias foram os principais fatores que contribuíram para esta projeção nunca vista antes. A pesquisa foi realizada no período de 21 a 27 de maio em todas as regiões produtoras, quando foram consultadas diversas instituições e informantes cadastrados em todo o país.

Soja

A produção da oleaginosa na safra 2016/2017 deverá atingir 113,9 milhões de toneladas, um cresimento de 19,4% na comparação com a o cilco anterior. 

Milho

No caso do milho, a produção total deverá alcançar 93,8 milhões de toneladas, 41% acima da safra 15/16. A estimativa é de 30,3 milhões de toneladas para a primeira safra (alta de 17,7%) e de 63,5 milhões para a segunda (alta de 55,8%). A ampliação da área semeada foi de 8,9%, considerando as duas safras.

Trigo

Há previsão de queda de 8,8% na área de trigo. Com isso, a produção sofre uma redução de 22,6% e chega a 5,2 milhões de toneladas. 

Arroz

A produção de arroz está estimada em 12,1 milhões de toneladas, alta de 14,4% na comparação com a safra anterior

Feijão

O feijão primeira safra, que está no final da colheita, deverá alcançar uma produção de 1,39 milhão de toneladas, resultado 34,1% superior ao produzido no ciclo 2015/2016. Já a segunda safra deve alcançar 1,31 milhão de toneladas (alta de 43,3%), sendo 639,4 mil toneladas do grão cores, 208,6 mil toneladas do preto e 460,1 mil toneladas do feijão caupi. A produção total de feijão deve atingir 3,4 milhões de toneladas, volume 34,9% maior na comparação com a safra passada.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil