REMUNERAÇÃO

Valor pago ao produtor paulista cresceu quase 13% em 2018, estima IEA

O aumento foi notado principalmente entre os produtos de origem vegetal, com cotações subindo, em média, 15%; veja quais culturas mais se valorizaram

batata equilibrada em calculadora. moedas do outro lado.
Foto: Pixabay

O Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR) subiu 12,78% no acumulado de 2018, segundo dados do Instituto de Economia Agrícola (IEA).

“A alta do índice dos vegetais chegou a 14,96%. O dos produtores de origem animal foi o que menos subiu, variando 7,14%”, comunicou a entidade.

No comparativo de dezembro e novembro do ano passado, as cotações ficaram praticamente estáveis, com alta de 0,07%. Neste período, o IqPR-V subiu 0,38%, enquanto o IqPR-A recuou 0,59%.

No último mês do ano passado, os produtos que apresentaram as maiores elevações foram feijão (43,23%), banana nanica (13,59%), batata (9,65%) e milho (4,87%). As principais quedas ficaram por conta do leite cru refrigerado (-13,76%), amendoim (-3,19%), café (-2,25%) e da cana-de-açúcar (-1,89%).

Cigarrinha provoca prejuízo em lavoura de milho no interior do São Paulo

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


css.php
Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil