PRODUÇÃO

PIB do agronegócio fica estável em maio mas cai 0,2% no acumulado do ano

Previsão é que o PIB agropecuário 2015 seja de R$ 1,5 trilhão

Fonte: Alvadi Barbosa de Oliveira/Embrapa

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro manteve-se estável em maio, queda acumulada de 0,2% nos primeiros cinco meses de 2015, comparado a igual período do ano passado, devido principalmente ao comportamento da agricultura, que apresentou redução de 0,48% no mesmo período.

Sendo assim, a previsão para o PIB da agropecuária em 2015 é de R$ 1,2 trilhão, sendo R$ 825,08 bilhões (67,6%), referentes ao ramo agrícola e outros R$ 396,27 bilhões (32,4%), do setor pecuário. Os números são da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP).

Os dados mostram que a pecuária, mesmo tendo desempenho positivo no período, 0,40% de expansão de janeiro a maio deste ano, especificamente, no mês de maio, apresentou crescimento modesto: 0,03%. Já o ramo agrícola registrou variação negativa de 0,01% no mesmo período. Na agricultura, o segmento que mais recuou foi o primário, com queda de 1,61% em 2015. Esse desempenho negativo, segundo a CNA/Cepea, refletiu a deterioração dos preços agrícolas, visto que, para a produção, a expectativa é de elevação até o final deste ano.

Já no ramo pecuário, o segmento primário apresentou movimento oposto ao apresentado pelo ramo agrícola, com crescimento de 0,90%, o melhor índice obtido nos primeiros cinco meses de 2015. O segmento industrial apresentou os piores indicadores: recuo de 1,19% no mesmo período. Para o segmento primário, a baixa oferta do boi gordo (prontos para o abate) e as exportações em recuperação puxaram as cotações e explicam o cenário de crescimento.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *