Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Faturamento do mercado de orgânicos cresceu 20% em 2018

BOM DESEMPENHO

Faturamento do mercado de orgânicos cresceu 20% em 2018

O segmento tem ganhado espaço no Brasil, aumentando sua área em 204 mil hectares nos últimos dez anos, totalizando 1,1 milhão de hectares

03 de abril de 2019 às 16h46
Por Agência Brasil

Foto: Fábio Santos/Canal Rural

O mercado brasileiro de orgânicos faturou no ano passado R$ 4 bilhões, resultado 20% maior do que o registrado em 2017, informa o Ministério da Agricultura. Os dados são do Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis), que reúne cerca de 60 empresas do setor.

O Brasil é apontado na pesquisa como líder desse mercado da América Latina. Contudo, quando se leva em consideração a extensão de terra destinada à agricultura orgânica, o país fica em terceiro lugar na região, depois da Argentina e do Uruguai, e em 12º no mundo.

Na América Latina, a produção se estende por oito milhões de hectares, o que corresponde a 11% da área mundial destinada aos orgânicos. Em extensão de terra, o Brasil cresceu mais de 204 mil hectares em dez anos, atingindo, em 2017, de 1,1 milhão de hectares.

Mercado Global

O mercado global de orgânicos, sob a liderança dos Estados Unidos, Alemanha, França e China, movimentou o volume recorde de US$ 97 bilhões, em 2017. O balanço é da Federação Internacional de Movimentos da Agricultura Orgânica (Ifoam).

De acordo com a federação internacional, estão identificados cerca de 3 milhões de produtores orgânicos em um universo de 181 países. A agricultura orgânica cresceu em todos os continentes atingindo área recorde de cerca de 70 milhões de hectares

9 comentários

  1. José Sidney da Silveira - ME em 5 de abril de 2019 às 05:57

    Sou vitivinicultura e pecuarista em Dilermando de Aguiar, RS.

    • Antonio da Silva em 11 de abril de 2019 às 07:07

      Onde se tem curso de organicos?

      • karen em 14 de abril de 2019 às 18:21

        Atualmente se fala mais em agofloresta e permacultura. Pode parecer mais trabalhoso inicialmente, mas ao longo do tempo ganha-se muito com a prática! Busque informações com Ernst Gotsch e Peter Weber. Pioneiros no Brasil.

      • davi em 7 de junho de 2019 às 09:27

        estamos organizando uma turma para uma vivência em produção orgânica, somente prática, será nas férias de julho. sitiovaleagroecologico@gmail.com

    • Márcia Bueno em 13 de abril de 2019 às 10:27

      Também gostaria de receber informações sobre cursos e materiais sobre a produção de orgânicos.

  2. alencar carlos dos santos em 9 de abril de 2019 às 12:50

    Possuo um terreno de 2.800m², o terreno apesar de ser semiplano (desnível de 5 metros em sua extensão) e em local alto, e por ter diversas nascentes em um raio de 2Km, possui um solo com grande concentração de água. Pergunto. O que seria interessante para cultivar dentre os produtos orgânicos mais comercializados?

  3. Getúlio Edvan dos santos Soares em 23 de maio de 2019 às 08:35

    Gostaria de receber notícias sobre orgânicos pois trabalho com este seguimento assim fico mais antenado grato pela atenção

  4. Paulo Silva Santos em 8 de julho de 2019 às 19:57

    Meu Avó plantava café (anos 64 a 86) nos morros, fazendo capina e ruas para colher, quando chovia acontecia a erosão levando terras férteis e café. Com o uso do glifosato isto não acontece visto que a cobertura morta conserva o solo, é o ganha – ganha, meio ambiente e produtor por que não há perda de solo, conserva umidade do solo, diminui os custo, (ganha o consumidor). Portanto devemos respeitar os intervalos de uso, dosagem e outros cuidados conforme a orientação técnica e bula.
    A proibição do uso será uma catástrofe, econômica e ambiental para o Brasil!

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Faturamento do mercado de orgânicos cresceu 20% em 2018

BOM DESEMPENHO

Faturamento do mercado de orgânicos cresceu 20% em 2018

O segmento tem ganhado espaço no Brasil, aumentando sua área em 204 mil hectares nos últimos dez anos, totalizando 1,1 milhão de hectares

03 de abril de 2019 às 16h46
Por Agência Brasil

Foto: Fábio Santos/Canal Rural

O mercado brasileiro de orgânicos faturou no ano passado R$ 4 bilhões, resultado 20% maior do que o registrado em 2017, informa o Ministério da Agricultura. Os dados são do Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis), que reúne cerca de 60 empresas do setor.

O Brasil é apontado na pesquisa como líder desse mercado da América Latina. Contudo, quando se leva em consideração a extensão de terra destinada à agricultura orgânica, o país fica em terceiro lugar na região, depois da Argentina e do Uruguai, e em 12º no mundo.

Na América Latina, a produção se estende por oito milhões de hectares, o que corresponde a 11% da área mundial destinada aos orgânicos. Em extensão de terra, o Brasil cresceu mais de 204 mil hectares em dez anos, atingindo, em 2017, de 1,1 milhão de hectares.

Mercado Global

O mercado global de orgânicos, sob a liderança dos Estados Unidos, Alemanha, França e China, movimentou o volume recorde de US$ 97 bilhões, em 2017. O balanço é da Federação Internacional de Movimentos da Agricultura Orgânica (Ifoam).

De acordo com a federação internacional, estão identificados cerca de 3 milhões de produtores orgânicos em um universo de 181 países. A agricultura orgânica cresceu em todos os continentes atingindo área recorde de cerca de 70 milhões de hectares

9 comentários

  1. José Sidney da Silveira - ME em 5 de abril de 2019 às 05:57

    Sou vitivinicultura e pecuarista em Dilermando de Aguiar, RS.

    • Antonio da Silva em 11 de abril de 2019 às 07:07

      Onde se tem curso de organicos?

      • karen em 14 de abril de 2019 às 18:21

        Atualmente se fala mais em agofloresta e permacultura. Pode parecer mais trabalhoso inicialmente, mas ao longo do tempo ganha-se muito com a prática! Busque informações com Ernst Gotsch e Peter Weber. Pioneiros no Brasil.

      • davi em 7 de junho de 2019 às 09:27

        estamos organizando uma turma para uma vivência em produção orgânica, somente prática, será nas férias de julho. sitiovaleagroecologico@gmail.com

    • Márcia Bueno em 13 de abril de 2019 às 10:27

      Também gostaria de receber informações sobre cursos e materiais sobre a produção de orgânicos.

  2. alencar carlos dos santos em 9 de abril de 2019 às 12:50

    Possuo um terreno de 2.800m², o terreno apesar de ser semiplano (desnível de 5 metros em sua extensão) e em local alto, e por ter diversas nascentes em um raio de 2Km, possui um solo com grande concentração de água. Pergunto. O que seria interessante para cultivar dentre os produtos orgânicos mais comercializados?

  3. Getúlio Edvan dos santos Soares em 23 de maio de 2019 às 08:35

    Gostaria de receber notícias sobre orgânicos pois trabalho com este seguimento assim fico mais antenado grato pela atenção

  4. Paulo Silva Santos em 8 de julho de 2019 às 19:57

    Meu Avó plantava café (anos 64 a 86) nos morros, fazendo capina e ruas para colher, quando chovia acontecia a erosão levando terras férteis e café. Com o uso do glifosato isto não acontece visto que a cobertura morta conserva o solo, é o ganha – ganha, meio ambiente e produtor por que não há perda de solo, conserva umidade do solo, diminui os custo, (ganha o consumidor). Portanto devemos respeitar os intervalos de uso, dosagem e outros cuidados conforme a orientação técnica e bula.
    A proibição do uso será uma catástrofe, econômica e ambiental para o Brasil!

Deixe um Comentário





Mais Notícias