RIO GRANDE DO SUL

Plantio da safra 2018/2019 de milho atinge 50% da área prevista

Segundo levantamento, na comparação com a média dos últimos anos o plantio está atrasado em algumas áreas específicas e localizadas

Foto: Renata Silva/ Embrapa Rondônia

O plantio de milho 2018/2019 no Rio Grande do Sul se aproxima de 50% da área estimada, segundo a Emater. “As lavouras apresentam bom desenvolvimento e a germinação das sementes está acelerada, beneficiada pela manutenção das temperaturas mais elevadas”, disse a empresa em relatório divulgado nesta quinta-feira,  dia 11.

Segundo levantamento, na comparação com a média dos últimos anos o plantio está atrasado em algumas áreas específicas e localizadas. A estimativa é de que os gaúchos semeiem com o cereal 738.074 hectares, 5,53% mais que na safra passada. Conforme a Emater, a chuva forte com granizo no início de outubro não provocou danos significativos para a cultura.

Pastagens

Ainda de acordo com a Emater, as temperaturas amenas, o aumento da luminosidade e a boa umidade do solo têm favorecido o rebrote das pastagens perenes e do campo nativo. “As vacas com terneiro ao pé e lotes em terminação, lotadas nas pastagens anuais de inverno (azevém), com razoáveis ofertas de alimento e condições de pastejo, apresentam uma melhoria no ganho de peso.

Está se encerrando o manejo nas pastagens de inverno e os animais vêm sendo manejados sobre os campos nativos. O rebanho em geral apresenta boas condições nutricionais e sanitárias, com o monitoramento das parasitoses.”

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assine grátis a melhor newsletter sobre agronegócios do Brasil