Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Milho » Milho fecha com leve alta na bolsa de Chicago

FECHAMENTO DO MERCADO

Milho fecha com leve alta na bolsa de Chicago

Clima nos EUA influenciou no humor dos compradores e deixou a cotação mais volátil

17 de julho de 2019 às 17h55
Por Agência Safras

O milho fechou com preços levemente mais altos em Chicago nesta quarta-feira, dia 17. Ao longo do dia, o mercado apresentou volatilidade, pressionado pela melhora nas condições das lavouras norte-americanas, enquanto analistas esperavam estabilidade, mas também encontrando suporte nas previsões de clima quente desfavorável sobre as lavouras do Meio-Oeste norte-americano.

 O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou dados sobre as condições das lavouras americanas de milho. Segundo o USDA, até 14 de julho, 58% estavam entre boas e excelentes condições, 30% em situação regular e 12% em condições entre ruins e muito ruins. Na semana anterior, os números eram de 57%, 31% e 12%, respectivamente. O mercado apostava em percentual de 57% de lavouras entre boas e excelentes condições. 

Os contratos de milho com entrega em setembro de 2019 fecharam a US$ 4,36, alta de 0,75 centavo de dólar, ou 0,17%, em relação ao fechamento anterior. A posição dezembro de 2019 fechou a US$ 4,41 1/2 por bushel, recuo de 0,25 centavo de dólar, ou 0,05%, em relação ao fechamento anterior.

 

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Milho » Milho fecha com leve alta na bolsa de Chicago

FECHAMENTO DO MERCADO

Milho fecha com leve alta na bolsa de Chicago

Clima nos EUA influenciou no humor dos compradores e deixou a cotação mais volátil

17 de julho de 2019 às 17h55
Por Agência Safras

O milho fechou com preços levemente mais altos em Chicago nesta quarta-feira, dia 17. Ao longo do dia, o mercado apresentou volatilidade, pressionado pela melhora nas condições das lavouras norte-americanas, enquanto analistas esperavam estabilidade, mas também encontrando suporte nas previsões de clima quente desfavorável sobre as lavouras do Meio-Oeste norte-americano.

 O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou dados sobre as condições das lavouras americanas de milho. Segundo o USDA, até 14 de julho, 58% estavam entre boas e excelentes condições, 30% em situação regular e 12% em condições entre ruins e muito ruins. Na semana anterior, os números eram de 57%, 31% e 12%, respectivamente. O mercado apostava em percentual de 57% de lavouras entre boas e excelentes condições. 

Os contratos de milho com entrega em setembro de 2019 fecharam a US$ 4,36, alta de 0,75 centavo de dólar, ou 0,17%, em relação ao fechamento anterior. A posição dezembro de 2019 fechou a US$ 4,41 1/2 por bushel, recuo de 0,25 centavo de dólar, ou 0,05%, em relação ao fechamento anterior.

 

Deixe um Comentário





Mais Notícias