Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Milho » Exportação de milho deve atingir patamar recorde nesta temporada

PROJEÇÃO

Exportação de milho deve atingir patamar recorde nesta temporada

Com produção total em 96,8 milhões de toneladas, embarques do cereal têm espaço para alcançar 32 milhões de toneladas segundo a consultoria INTL FCStone

05 de maio de 2019 às 13h02
Por Canal Rural
exportação, soja, milho, grãos, porto, embarque

Milho sendo embarcado em navio – Foto: Porto de Itaqui/ Divulgação

As exportações de milho nesta temporada pode atingir níveis recordes, de acordo com a consultoria INTL FCStone. Com a elevada do cereal, com uma produção total em 96,8 milhões de toneladas, a empresa estima que os embarques alcancem 32 milhões de toneladas. Com isso, o produtor rural pode sair beneficiado.

Na sexta-feira, dia 3, a FCStone aumentou a estimativa de safra no ciclo 2018/2019. A primeira safra foi projetada em 28,3 milhões de toneladas, contra 28 milhões de toneladas. Essa alta é justificada pelos resultados positivos da produtividade do milho no Paraná e de Santa Catarina. Para a segunda safra, a produção saiu de 66,3 milhões de toneladas no levantamento de abril para 68,5 milhões de toneladas.

“Além do plantio mais cedo do milho safrinha, o clima foi e continua sendo bastante favorável ao desenvolvimento das lavouras. Assim, caso esse nível de produção seja confirmado, configurará um recorde de produção no inverno”, avalia a analista de mercado Ana Luiza Lodi. A empresa ressalta, no entanto, que apesar da projeção de exportação recorde, a competição no mercado exportador deve ser acirrada, com Argentina e Ucrânia, além dos EUA.

Mais soja

Em sua revisão de maio, a consultoria também elevou sua estimativa de produção de soja para 116,5 milhões de toneladas, um aumento de 0,6% em relação ao número de abril, de 115,7 milhões de toneladas. Comparando-se com o ciclo 2017/2018, o volume produzido ficou 2,4% mais baixo.

Com a colheita praticamente finalizada em todo o Brasil, esse aumento da produção da oleaginosa foi motivado pela revisão da produtividade em Goiás, que passou de 3,2 toneladas por hectare para 3,41 toneladas por hectare, levando a produção do estado para 11,7 milhões de toneladas.

“Esse volume fica abaixo somente do recorde alcançado no ano passado, em 11,8 milhões de toneladas”, lembra a analista. Com o aumento da produção, os estoques finais foram estimados em 1,5 milhão de toneladas.

Nova call to action

2 comentários

  1. […] Com produção total em 96,8 milhões de toneladas, embarques do cereal têm espaço para alcançar 32 milhões de toneladas segundo a consultoria INTL FCStoneArtigo Completo […]

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Milho » Exportação de milho deve atingir patamar recorde nesta temporada

PROJEÇÃO

Exportação de milho deve atingir patamar recorde nesta temporada

Com produção total em 96,8 milhões de toneladas, embarques do cereal têm espaço para alcançar 32 milhões de toneladas segundo a consultoria INTL FCStone

05 de maio de 2019 às 13h02
Por Canal Rural
exportação, soja, milho, grãos, porto, embarque

Milho sendo embarcado em navio – Foto: Porto de Itaqui/ Divulgação

As exportações de milho nesta temporada pode atingir níveis recordes, de acordo com a consultoria INTL FCStone. Com a elevada do cereal, com uma produção total em 96,8 milhões de toneladas, a empresa estima que os embarques alcancem 32 milhões de toneladas. Com isso, o produtor rural pode sair beneficiado.

Na sexta-feira, dia 3, a FCStone aumentou a estimativa de safra no ciclo 2018/2019. A primeira safra foi projetada em 28,3 milhões de toneladas, contra 28 milhões de toneladas. Essa alta é justificada pelos resultados positivos da produtividade do milho no Paraná e de Santa Catarina. Para a segunda safra, a produção saiu de 66,3 milhões de toneladas no levantamento de abril para 68,5 milhões de toneladas.

“Além do plantio mais cedo do milho safrinha, o clima foi e continua sendo bastante favorável ao desenvolvimento das lavouras. Assim, caso esse nível de produção seja confirmado, configurará um recorde de produção no inverno”, avalia a analista de mercado Ana Luiza Lodi. A empresa ressalta, no entanto, que apesar da projeção de exportação recorde, a competição no mercado exportador deve ser acirrada, com Argentina e Ucrânia, além dos EUA.

Mais soja

Em sua revisão de maio, a consultoria também elevou sua estimativa de produção de soja para 116,5 milhões de toneladas, um aumento de 0,6% em relação ao número de abril, de 115,7 milhões de toneladas. Comparando-se com o ciclo 2017/2018, o volume produzido ficou 2,4% mais baixo.

Com a colheita praticamente finalizada em todo o Brasil, esse aumento da produção da oleaginosa foi motivado pela revisão da produtividade em Goiás, que passou de 3,2 toneladas por hectare para 3,41 toneladas por hectare, levando a produção do estado para 11,7 milhões de toneladas.

“Esse volume fica abaixo somente do recorde alcançado no ano passado, em 11,8 milhões de toneladas”, lembra a analista. Com o aumento da produção, os estoques finais foram estimados em 1,5 milhão de toneladas.

Nova call to action

2 comentários

  1. […] Com produção total em 96,8 milhões de toneladas, embarques do cereal têm espaço para alcançar 32 milhões de toneladas segundo a consultoria INTL FCStoneArtigo Completo […]

Deixe um Comentário





Mais Notícias