MERCADO

Mandioca: cotação sobe após oferta diminuir

O clima seco limitou o avanço da colheita nos últimos dias, levando parte dos agricultores a priorizar atividades relacionadas ao plantio 

Fonte: Pixabay/divulgação

As cotações da mandioca estão em alta na maioria das regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Além da reduzida disponibilidade de lavouras de dois ciclos, o clima seco limitou o avanço da colheita nos últimos dias, levando parte dos agricultores a priorizar atividades relacionadas ao plantio.

Nesse cenário, a oferta permaneceu baixa, impulsionando os valores da raiz. Entre os dias 4 e 8 de setembro, a média semanal a prazo para a tonelada da mandioca posta fecularia foi de R$ 491,72, alta de 0,35% frente à média anterior.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *