Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Ervas daninhas: conheça as técnicas de manejo sem agroquímicos

ACESSO A CONHECIMENTO

Ervas daninhas: conheça as técnicas de manejo sem agroquímicos

Assinado por 30 especialistas, o livro foi publicado pela Embrapa; segundo um dos editores, a publicação atende a demanda de produtores de orgânicos e agroecológicos

18 de maio de 2019 às 20h55
Por Canal Rural
Método de flamejamento para controle de plantas daninhas

Método de flamejamento para controle de plantas daninhas – Foto: Marcos Roberto Silva/Embrapa

Controle de plantas daninhas: métodos físico, mecânico, cultural, biológico e alelopatia é o título do livro lançado pela Embrapa. Segundo um dos editores técnicos, o pesquisador Maurílio Fernandes de Oliveira, da área de Produção Vegetal da unidade Milho e Sorgo, o livro é a primeira obra nacional a abordar o controle de ervas-daninhas por métodos não químicos, “atendendo produtores das áreas de orgânicos, agroecológicos e a própria academia em si”.

São dez capítulos focados em métodos como roçada, eletrocussão, uso de plantas de cobertura, herbicidas naturais, controle biológico, solarização do solo, flamejamento, entre outros. No total, 30 especialistas assinam a obra, que traz a descrição de técnicas testadas e disponíveis para uso e por técnicas em desenvolvimento, fundamentadas em princípios biológicos, mecânicos, de cobertura morta e de alelopatia.

No prefácio, o chefe-geral da Embrapa Milho e Sorgo, Antônio Álvaro Corsetti Purcino, diz que o primeiro objetivo da obra “foi produzir literatura nacional abordando os métodos de controle de plantas daninhas para uso em agricultura orgânica e agroecologia”.

Nova call to action

Segundo Purcino, o livro contribui para o tema com literatura complementar ao método químico, que é amplamente estudado e pesquisado. “Detectamos que o controle não químico de plantas daninhas demanda esforço da comunidade científica tanto na produção de tecnologias de controle quanto em resultados do uso dessas tecnologias”, conclui.

Além do pesquisador Maurílio Fernandes de Oliveira, é editor técnico o pesquisador Alexandre Magno Brighenti, da área de Fitotecnia da Embrapa Gado de Leite. Os demais autores representam instituições de ensino, pesquisa e extensão, como diversas unidades da Embrapa e universidades. Para consultar uma breve descrição sobre o livro, acesse a área de Publicações do Portal da Embrapa Milho e Sorgo. Para baixar gratuitamente a publicação em PDF, clique aqui.

5 comentários

  1. […] Source link […]

  2. […] Cana Rural […]

  3. […] Ervas daninhas: conheça as técnicas de manejo sem agroquímicos  Canal Rural […]

  4. […] (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Source link […]

  5. arailson da rocha em 27 de maio de 2019 às 07:57

    A área ambiental necessita dos conhecimentos da pesquisa, onde há redução ou cultivo zero com agrotóxicos nas lavouras.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Ervas daninhas: conheça as técnicas de manejo sem agroquímicos

ACESSO A CONHECIMENTO

Ervas daninhas: conheça as técnicas de manejo sem agroquímicos

Assinado por 30 especialistas, o livro foi publicado pela Embrapa; segundo um dos editores, a publicação atende a demanda de produtores de orgânicos e agroecológicos

18 de maio de 2019 às 20h55
Por Canal Rural
Método de flamejamento para controle de plantas daninhas

Método de flamejamento para controle de plantas daninhas – Foto: Marcos Roberto Silva/Embrapa

Controle de plantas daninhas: métodos físico, mecânico, cultural, biológico e alelopatia é o título do livro lançado pela Embrapa. Segundo um dos editores técnicos, o pesquisador Maurílio Fernandes de Oliveira, da área de Produção Vegetal da unidade Milho e Sorgo, o livro é a primeira obra nacional a abordar o controle de ervas-daninhas por métodos não químicos, “atendendo produtores das áreas de orgânicos, agroecológicos e a própria academia em si”.

São dez capítulos focados em métodos como roçada, eletrocussão, uso de plantas de cobertura, herbicidas naturais, controle biológico, solarização do solo, flamejamento, entre outros. No total, 30 especialistas assinam a obra, que traz a descrição de técnicas testadas e disponíveis para uso e por técnicas em desenvolvimento, fundamentadas em princípios biológicos, mecânicos, de cobertura morta e de alelopatia.

No prefácio, o chefe-geral da Embrapa Milho e Sorgo, Antônio Álvaro Corsetti Purcino, diz que o primeiro objetivo da obra “foi produzir literatura nacional abordando os métodos de controle de plantas daninhas para uso em agricultura orgânica e agroecologia”.

Nova call to action

Segundo Purcino, o livro contribui para o tema com literatura complementar ao método químico, que é amplamente estudado e pesquisado. “Detectamos que o controle não químico de plantas daninhas demanda esforço da comunidade científica tanto na produção de tecnologias de controle quanto em resultados do uso dessas tecnologias”, conclui.

Além do pesquisador Maurílio Fernandes de Oliveira, é editor técnico o pesquisador Alexandre Magno Brighenti, da área de Fitotecnia da Embrapa Gado de Leite. Os demais autores representam instituições de ensino, pesquisa e extensão, como diversas unidades da Embrapa e universidades. Para consultar uma breve descrição sobre o livro, acesse a área de Publicações do Portal da Embrapa Milho e Sorgo. Para baixar gratuitamente a publicação em PDF, clique aqui.

5 comentários

  1. […] Source link […]

  2. […] Cana Rural […]

  3. […] Ervas daninhas: conheça as técnicas de manejo sem agroquímicos  Canal Rural […]

  4. […] (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Source link […]

  5. arailson da rocha em 27 de maio de 2019 às 07:57

    A área ambiental necessita dos conhecimentos da pesquisa, onde há redução ou cultivo zero com agrotóxicos nas lavouras.

Deixe um Comentário





Mais Notícias