Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Bancada do agro faz força-tarefa para aprovar crédito suplementar

CORRENDO CONTRA O TEMPO

Bancada do agro faz força-tarefa para aprovar crédito suplementar

Se o Congresso não liberar recursos, o lançamento do Plano Safra 2019/2020 pode ser inviabilizado; parlamantes se organizam em diversas frentes

11 de junho de 2019 às 13h14
Por Estadão Conteúdo
dinheiro, EUA, Estados Unidos, dólar

Foto: Pixabay

Integrantes da Frente Parlamentar do Agronegócio (FPA) estão fazendo uma força-tarefa em prol da aprovação projeto de lei que trata do crédito suplementar de R$ 248 milhões para despesas da União nesta terça-feira, dia 11. A não aprovação da matéria pelo Congresso deve inviabilizar o lançamento do Plano Safra 2019/2020, que estava previsto para a quarta-feira, dia 12.

Os deputados da bancada estiveram reunidos nesta terça com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, debatendo o tema. Ao deixar o encontro, os parlamentares partiram para se encontrar com suas respectivas lideranças partidárias para discutir a aprovação do projeto.

Os parlamentares devem ainda se reunir com a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP). Paralelamente, membros da FPA também foram buscar a equipe econômica do governo, no Ministério da Economia.

A sessão da Comissão Mista de Orçamento (CMO) onde o PLN 4 deve ser votado foi aberta pela manhã, mas suspensa logo em seguida para uma tentativa de acordo.

O líder da minoria no Congresso, Carlos Zarattini (PT-SP), afirmou que a oposição concorda em votar o crédito desde que o governo se comprometa com investimentos na ordem de R$ 10 bilhões para o programa Minha Casa, Minha Vida, universidades e outras áreas.

1 comentário

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Bancada do agro faz força-tarefa para aprovar crédito suplementar

CORRENDO CONTRA O TEMPO

Bancada do agro faz força-tarefa para aprovar crédito suplementar

Se o Congresso não liberar recursos, o lançamento do Plano Safra 2019/2020 pode ser inviabilizado; parlamantes se organizam em diversas frentes

11 de junho de 2019 às 13h14
Por Estadão Conteúdo
dinheiro, EUA, Estados Unidos, dólar

Foto: Pixabay

Integrantes da Frente Parlamentar do Agronegócio (FPA) estão fazendo uma força-tarefa em prol da aprovação projeto de lei que trata do crédito suplementar de R$ 248 milhões para despesas da União nesta terça-feira, dia 11. A não aprovação da matéria pelo Congresso deve inviabilizar o lançamento do Plano Safra 2019/2020, que estava previsto para a quarta-feira, dia 12.

Os deputados da bancada estiveram reunidos nesta terça com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, debatendo o tema. Ao deixar o encontro, os parlamentares partiram para se encontrar com suas respectivas lideranças partidárias para discutir a aprovação do projeto.

Os parlamentares devem ainda se reunir com a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP). Paralelamente, membros da FPA também foram buscar a equipe econômica do governo, no Ministério da Economia.

A sessão da Comissão Mista de Orçamento (CMO) onde o PLN 4 deve ser votado foi aberta pela manhã, mas suspensa logo em seguida para uma tentativa de acordo.

O líder da minoria no Congresso, Carlos Zarattini (PT-SP), afirmou que a oposição concorda em votar o crédito desde que o governo se comprometa com investimentos na ordem de R$ 10 bilhões para o programa Minha Casa, Minha Vida, universidades e outras áreas.

1 comentário

Deixe um Comentário





Mais Notícias