Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Agricultura familiar do RS faz reivindicações ao governo do estado

REUNIÃO

Agricultura familiar do RS faz reivindicações ao governo do estado

Representantes pediram liberação de sementes do programa Troca-Troca e que a Nota Fiscal Eletrônica seja facultativa

15 de julho de 2019 às 20h46
Por Canal Rural
Eduardo Leite, Fetag

Foto: Palácio Piratini/divulgação

Representantes da agricultura familiar se reuniram com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, nesta segunda-feira, dia 15, para fortalecer o modelo de produção. O primeiro ponto abordado foi a imediata liberação das sementes de milho do Programa Troca-Troca, para que os produtores possam realizar o plantio no período previsto. Em relação ao Programa de Forrageiras, o pedido foi para que o estado realize o pagamento para os sindicatos.

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS) também pediu o fortalecimento e a organização interna da Secretaria da Agricultura no que se refere à área da agricultura familiar, que está subordinada a esta após a fusão das secretarias no novo governo.

Carlos Joel da Silva, presidente da Fetag, pediu que ainda que o Programa Estadual de Agroindústria seja potencializado para que agregue renda à produção das famílias do campo. Os agricultores familiares também querem que a Nota Fiscal Eletrônica seja facultativa, visto que ainda não há infraestrutura necessária no campo para a emissão.

O presidente da entidade avaliou a reunião como positiva. “Após meses de espera o governador nos recebeu e acolheu as pautas da Fetag-RS”, disse.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Agricultura familiar do RS faz reivindicações ao governo do estado

REUNIÃO

Agricultura familiar do RS faz reivindicações ao governo do estado

Representantes pediram liberação de sementes do programa Troca-Troca e que a Nota Fiscal Eletrônica seja facultativa

15 de julho de 2019 às 20h46
Por Canal Rural
Eduardo Leite, Fetag

Foto: Palácio Piratini/divulgação

Representantes da agricultura familiar se reuniram com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, nesta segunda-feira, dia 15, para fortalecer o modelo de produção. O primeiro ponto abordado foi a imediata liberação das sementes de milho do Programa Troca-Troca, para que os produtores possam realizar o plantio no período previsto. Em relação ao Programa de Forrageiras, o pedido foi para que o estado realize o pagamento para os sindicatos.

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS) também pediu o fortalecimento e a organização interna da Secretaria da Agricultura no que se refere à área da agricultura familiar, que está subordinada a esta após a fusão das secretarias no novo governo.

Carlos Joel da Silva, presidente da Fetag, pediu que ainda que o Programa Estadual de Agroindústria seja potencializado para que agregue renda à produção das famílias do campo. Os agricultores familiares também querem que a Nota Fiscal Eletrônica seja facultativa, visto que ainda não há infraestrutura necessária no campo para a emissão.

O presidente da entidade avaliou a reunião como positiva. “Após meses de espera o governador nos recebeu e acolheu as pautas da Fetag-RS”, disse.

Deixe um Comentário





Mais Notícias