Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Acordo entre Brasil e Estados Unidos vai levar país para outro patamar, diz ministra

NEGÓCIOS À VISTA

Acordo entre Brasil e Estados Unidos vai levar país para outro patamar, diz ministra

Tereza Cristina afirmou que negociação entre os países mostra que o Brasil está se abrindo para o mundo e caminhando para posições mais expressivas no mercado mundial

02 de agosto de 2019 às 10h08
Por Canal Rural
Donald Trump, Jair Bolsonaro, EUA, Estados Unidos, Brasil

Foto: Alan Santos/Presidência da República

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou nesta quinta-feira, 1º, que o início das negociações de um acordo comercial entre Brasil e Estados Unidos mostram que o país está se abrindo para o mundo e caminhando para posições mais expressivas no mercado mundial. 

“Assim como nós acabamos de fazer o acordo Mercosul-União Europeia, eles (norte-americanos) vieram aqui mostrando interesse em acordo com o bloco, mas esse acordo não é Brasil, é Mercosul e Estados Unidos. Nós estamos em um bloco e tratou-se de vários assuntos, inclusive da agropecuária, o que é muito bom que mostra que o Brasil agora está caminhando para patamares que ele nunca deveria ter deixado de estar”, disse. 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o secretário de comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, já iniciaram as negociações para um acordo comercial entre os dois países. Ross também reuniu-se no Palácio do Planalto com o presidente Jair Bolsonaro. O secretário especial de comércio exterior e assuntos internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, explicou que como o Brasil faz parte de uma união aduaneira, no caso o Mercosul, as negociações sobre tarifas deverão ter a participação dos demais países do bloco. 

“Acho que o Brasil mostra o potencial, um país de dimensão gigantesca com uma potência no agronegócio, uma potência ambiental e com uma população para consumir produtos do mundo inteiro e mais barato. Eu acho que agora essa abertura vai levar o Brasil para um outro patamar e levar o nosso comércio, o nosso serviço e a nossa produção de maneira geral para outro patamar”, acrescentou Tereza Cristina.

Nova call to action

12 comentários

  1. José Alves Andrade em 2 de agosto de 2019 às 10:10

    Onde já se viu Americano dá valor a Brasileiro. É muito analfabeto para acreditar.

  2. Adilson de Medeiros em 2 de agosto de 2019 às 11:12

    USA e CHINA também tinham acordos, porém o Sr, Trump só reconhece o que é bom para seu Pais, isto é fato. O presidente Donald Trump intensificou abruptamente sua guerra comercial com a China, anunciando que imporia uma tarifa de 10% sobre 300 bilhões de dólares em importações chinesas que ainda não estão sujeitas a impostos americanos. A nova tarifa será imposta a partir de 1º de setembro, disse Trump em um tweet na quinta-feira que rompeu um cessar-fogo entre as duas maiores economias do mundo. A tarifa de 25% já imposta a US $ 250 bilhões em bens chineses permanecerá em vigor.
    Agora a pergunta é, o Brasil estará respaldado deste acordo, quem garante, algo a se pensar.

  3. ANTONIO CARLOS DE MELO em 3 de agosto de 2019 às 07:37

    Na verdade é uma Boa iniciativa da parte do governo; que pode trazer bons resultados na economia brasileira, podendo até mesmo calzar, uma possível queda nos preços dos combustíveis em geral.

  4. Maria da Consolação em 3 de agosto de 2019 às 09:48

    Os EUA é concorrente com o Brasil no agronegócio, então em que exatamente o Brasil vai lucrar. A matéria não esclarece nada. O Brasil segurou 2 navios do Irã no Porto Paranaguá para mostrar seu alinhamento com os EUA. Os navios estavam carregados de milho para exportação. Somos superavitarios com o Irã. Será que o Irã vai continuar comprando do Brasil depois disso????

  5. João Paulo em 3 de agosto de 2019 às 14:09

    Isso vai ser espetacular pro Brasil

  6. Avary zeigelboim em 3 de agosto de 2019 às 20:24

    Foram décadas perdidas, consumidas por uma retórica sem pé nem cabeça, com o objetivo de nos transformar em mais uma fracassada utopia comunista.

  7. José Carlos de Souza em 3 de agosto de 2019 às 23:03

    Uma excelente oportunidade para nosso crescimento !

  8. Salete Piccoli em 4 de agosto de 2019 às 03:00

    Parabéns ao Presidente e os Ministros de suas respectivas pastas! Mas, esses dias veio uma notícia pelo facebook que tem um acordo que estaris o nosso querido Presidente cometendo um crime de lesa pátria! Atenção, os da res istência estão em cima!! Revejam o acordo do Pré-sal.Boa sorte a todos do governo!🙌🙏💪💪💪💪

  9. ELIANA PEREIRA DE SOUZA em 4 de agosto de 2019 às 13:35

    TORSO E ACREDITO QUE NÓS ESTAMOS CAMINHANDO PARA UM BRASIL MELHOR; COM UM PROGRESSO REAL, COM DIFICULDADES, SIM; PORÉM; SEM MENTIRAS, SEM PRECISAR ROUBAR DO NOSSO POVO PARA EMPREMENTAR IDEALISMO PELO MUNDO. QUE DEUS NOS AJUDE !

  10. Marlene Souza Vargas em 6 de agosto de 2019 às 03:42

    Eu confio plenamente no nosso presidente e acredito que ele está no caminho certo, pena a esquerda não se conformar em perder o poder e colocar tantos entraves. Se o povo não tivesse acordado estaríamos em uma situação bem delicada.

  11. Aroldo Simião de Sousa em 6 de agosto de 2019 às 14:16

    Vamos tb pode ter por exemplo: Carros decentes, bebidas boas com preços justos? Como tem na China, na Coreia do Sul?, ou vamos ter que continuar usando essas carroças com impostos absurdo sobre nossas costas?

  12. Jacqueline em 10 de agosto de 2019 às 02:25

    Seria interessante investir em tecnologia.Mas por quê etanol?Brasil acima de tudo,Deus acima de todos!

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Notícias » Agricultura » Acordo entre Brasil e Estados Unidos vai levar país para outro patamar, diz ministra

NEGÓCIOS À VISTA

Acordo entre Brasil e Estados Unidos vai levar país para outro patamar, diz ministra

Tereza Cristina afirmou que negociação entre os países mostra que o Brasil está se abrindo para o mundo e caminhando para posições mais expressivas no mercado mundial

02 de agosto de 2019 às 10h08
Por Canal Rural
Donald Trump, Jair Bolsonaro, EUA, Estados Unidos, Brasil

Foto: Alan Santos/Presidência da República

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou nesta quinta-feira, 1º, que o início das negociações de um acordo comercial entre Brasil e Estados Unidos mostram que o país está se abrindo para o mundo e caminhando para posições mais expressivas no mercado mundial. 

“Assim como nós acabamos de fazer o acordo Mercosul-União Europeia, eles (norte-americanos) vieram aqui mostrando interesse em acordo com o bloco, mas esse acordo não é Brasil, é Mercosul e Estados Unidos. Nós estamos em um bloco e tratou-se de vários assuntos, inclusive da agropecuária, o que é muito bom que mostra que o Brasil agora está caminhando para patamares que ele nunca deveria ter deixado de estar”, disse. 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o secretário de comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, já iniciaram as negociações para um acordo comercial entre os dois países. Ross também reuniu-se no Palácio do Planalto com o presidente Jair Bolsonaro. O secretário especial de comércio exterior e assuntos internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, explicou que como o Brasil faz parte de uma união aduaneira, no caso o Mercosul, as negociações sobre tarifas deverão ter a participação dos demais países do bloco. 

“Acho que o Brasil mostra o potencial, um país de dimensão gigantesca com uma potência no agronegócio, uma potência ambiental e com uma população para consumir produtos do mundo inteiro e mais barato. Eu acho que agora essa abertura vai levar o Brasil para um outro patamar e levar o nosso comércio, o nosso serviço e a nossa produção de maneira geral para outro patamar”, acrescentou Tereza Cristina.

Nova call to action

12 comentários

  1. José Alves Andrade em 2 de agosto de 2019 às 10:10

    Onde já se viu Americano dá valor a Brasileiro. É muito analfabeto para acreditar.

  2. Adilson de Medeiros em 2 de agosto de 2019 às 11:12

    USA e CHINA também tinham acordos, porém o Sr, Trump só reconhece o que é bom para seu Pais, isto é fato. O presidente Donald Trump intensificou abruptamente sua guerra comercial com a China, anunciando que imporia uma tarifa de 10% sobre 300 bilhões de dólares em importações chinesas que ainda não estão sujeitas a impostos americanos. A nova tarifa será imposta a partir de 1º de setembro, disse Trump em um tweet na quinta-feira que rompeu um cessar-fogo entre as duas maiores economias do mundo. A tarifa de 25% já imposta a US $ 250 bilhões em bens chineses permanecerá em vigor.
    Agora a pergunta é, o Brasil estará respaldado deste acordo, quem garante, algo a se pensar.

  3. ANTONIO CARLOS DE MELO em 3 de agosto de 2019 às 07:37

    Na verdade é uma Boa iniciativa da parte do governo; que pode trazer bons resultados na economia brasileira, podendo até mesmo calzar, uma possível queda nos preços dos combustíveis em geral.

  4. Maria da Consolação em 3 de agosto de 2019 às 09:48

    Os EUA é concorrente com o Brasil no agronegócio, então em que exatamente o Brasil vai lucrar. A matéria não esclarece nada. O Brasil segurou 2 navios do Irã no Porto Paranaguá para mostrar seu alinhamento com os EUA. Os navios estavam carregados de milho para exportação. Somos superavitarios com o Irã. Será que o Irã vai continuar comprando do Brasil depois disso????

  5. João Paulo em 3 de agosto de 2019 às 14:09

    Isso vai ser espetacular pro Brasil

  6. Avary zeigelboim em 3 de agosto de 2019 às 20:24

    Foram décadas perdidas, consumidas por uma retórica sem pé nem cabeça, com o objetivo de nos transformar em mais uma fracassada utopia comunista.

  7. José Carlos de Souza em 3 de agosto de 2019 às 23:03

    Uma excelente oportunidade para nosso crescimento !

  8. Salete Piccoli em 4 de agosto de 2019 às 03:00

    Parabéns ao Presidente e os Ministros de suas respectivas pastas! Mas, esses dias veio uma notícia pelo facebook que tem um acordo que estaris o nosso querido Presidente cometendo um crime de lesa pátria! Atenção, os da res istência estão em cima!! Revejam o acordo do Pré-sal.Boa sorte a todos do governo!🙌🙏💪💪💪💪

  9. ELIANA PEREIRA DE SOUZA em 4 de agosto de 2019 às 13:35

    TORSO E ACREDITO QUE NÓS ESTAMOS CAMINHANDO PARA UM BRASIL MELHOR; COM UM PROGRESSO REAL, COM DIFICULDADES, SIM; PORÉM; SEM MENTIRAS, SEM PRECISAR ROUBAR DO NOSSO POVO PARA EMPREMENTAR IDEALISMO PELO MUNDO. QUE DEUS NOS AJUDE !

  10. Marlene Souza Vargas em 6 de agosto de 2019 às 03:42

    Eu confio plenamente no nosso presidente e acredito que ele está no caminho certo, pena a esquerda não se conformar em perder o poder e colocar tantos entraves. Se o povo não tivesse acordado estaríamos em uma situação bem delicada.

  11. Aroldo Simião de Sousa em 6 de agosto de 2019 às 14:16

    Vamos tb pode ter por exemplo: Carros decentes, bebidas boas com preços justos? Como tem na China, na Coreia do Sul?, ou vamos ter que continuar usando essas carroças com impostos absurdo sobre nossas costas?

  12. Jacqueline em 10 de agosto de 2019 às 02:25

    Seria interessante investir em tecnologia.Mas por quê etanol?Brasil acima de tudo,Deus acima de todos!

Deixe um Comentário





Mais Notícias