Início » Notícias da Agropecuária » Nação Agro » Artesão conta histórias do Brasil rural em suas esculturas

ARTE E MEMÓRIA

Artesão conta histórias do Brasil rural em suas esculturas

Os trabalhos esculpidos em madeira carregam lembranças e ilustram crônicas do artista Ditinho Joana

03 de fevereiro de 2019 às 12h09
Por Tobias Ferraz, de São Bento do Sapucaí (SP)
obras em madeira do artesão Ditinho Joana

Foto: Canal Rural

O escultor Ditinho Joana registra em madeira suas memórias da vida no campo. Nas obras, ele imortaliza – como outrora fez o saudoso artesão nordestino Vitalino Pereira dos Santos, o Mestre Vitalino – profissões e atividades da rotina.

Ditinho mora junto do sossego, em  São Bento do Sapucaí (SP). Lá, bem pertinho de Campos do Jordão, as ruas são moldadas pela Serra da Mantiqueira,

Além do trabalho em madeira, o artista também é um cronista de temas rurais. Contador de “causos” por excelência, Ditinho Joana aproveita as histórias para interpretar  as esculturas.

A marca registrada do artesão é uma botina usada, gasta, carcomida pelo uso e pelo tempo. A bota é o símbolo de uma trajetória, como explica Ditinho, no vídeo a seguir.

A equipe do Canal Rural conheceu Ditinho Joana durante gravações do projeto Família Nação Agro, em parceria com o Senar-SP.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Nação Agro » Artesão conta histórias do Brasil rural em suas esculturas

ARTE E MEMÓRIA

Artesão conta histórias do Brasil rural em suas esculturas

Os trabalhos esculpidos em madeira carregam lembranças e ilustram crônicas do artista Ditinho Joana

03 de fevereiro de 2019 às 12h09
Por Tobias Ferraz, de São Bento do Sapucaí (SP)
obras em madeira do artesão Ditinho Joana

Foto: Canal Rural

O escultor Ditinho Joana registra em madeira suas memórias da vida no campo. Nas obras, ele imortaliza – como outrora fez o saudoso artesão nordestino Vitalino Pereira dos Santos, o Mestre Vitalino – profissões e atividades da rotina.

Ditinho mora junto do sossego, em  São Bento do Sapucaí (SP). Lá, bem pertinho de Campos do Jordão, as ruas são moldadas pela Serra da Mantiqueira,

Além do trabalho em madeira, o artista também é um cronista de temas rurais. Contador de “causos” por excelência, Ditinho Joana aproveita as histórias para interpretar  as esculturas.

A marca registrada do artesão é uma botina usada, gasta, carcomida pelo uso e pelo tempo. A bota é o símbolo de uma trajetória, como explica Ditinho, no vídeo a seguir.

A equipe do Canal Rural conheceu Ditinho Joana durante gravações do projeto Família Nação Agro, em parceria com o Senar-SP.

Deixe um Comentário





Mais Notícias