Quais são os efeitos da crise política na pecuária

Após as delações premiadas que colocaram em risco o governo de Michel Temer, o mercado ficou agitado durante o dia. Apesar disso, o mercado físico do boi gordo ficou praticamente parado: os produtores estão resistentes em vender a prazo, e os frigoríficos ficaram fora do mercado aproveitando os avanços das escalas nas últimas semanas. O […]

Após as delações premiadas que colocaram em risco o governo de Michel Temer, o mercado ficou agitado durante o dia. Apesar disso, o mercado físico do boi gordo ficou praticamente parado: os produtores estão resistentes em vender a prazo, e os frigoríficos ficaram fora do mercado aproveitando os avanços das escalas nas últimas semanas. O médico veterinário e sócio-diretor da Radar Investimentos Leandro Bovo comenta este cenário. 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *