Frigorífico: ‘MP que amplia multa não será votada’

A medida provisória 772, que aumentava a multa para R$ 500 mil aos frigoríficos que descumprissem a legislação sanitária, não será mais votada. Segundo o portal de notícias da Câmara dos Deputados, não há tempo hábil para os parlamentares votarem essa MP na Câmara e no Senado. O deputado Nilson Leitão explica essa decisão.

A medida provisória 772, que aumentava a multa para R$ 500 mil aos frigoríficos que descumprissem a legislação sanitária, não será mais votada. Segundo o portal de notícias da Câmara dos Deputados, não há tempo hábil para os parlamentares votarem essa MP na Câmara e no Senado. O deputado Nilson Leitão explica essa decisão.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *