banner-3

DEU BRONCA

Bolsonaro ameaça demitir o presidente do BNDES, Joaquim Levy

O presidente da República rechaçou a nomeação de um advogado que trabalhou como assessor na estatal durante governo do PT a cargo de direção

15 de junho de 2019 às 16h44
Por Estadão Conteúdo
Joaquim Levy, presidente do BNDES

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro deu uma bronca pública no presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, e ameaçou demiti-lo caso ele não suspenda a nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto do cargo de diretor de Mercado de Capitais da estatal

Marcos Pinto trabalhou como assessor do BNDES durante o governo PT, de 2005 a 2007 – na diretoria que terá como foco a venda de participações da BNDESPar, braço de participações do banco de fomento. “Falei para ele (Levy): demite esse cara na segunda ou eu demito você sem passar pelo Guedes (ministro da Economia)”, contou o presidente  da República neste sábado, dia 15.

Bolsonaro deu a declaração ao sair do Palácio do Alvorada, residência oficial da Presidência, em direção à base militar, de onde parte para Santa Maria (RS), onde participa de uma cerimônia militar.

“Governo tem que ser assim: quando coloca gente suspeita em cargos importantes e essa pessoa, como Levy, já vem há algum tempo não sendo leal àquilo que foi combinado e que ele conhece a meu respeito, ele (Levy) está com a cabeça a prêmio há algum tempo”, continuou o presidente.

O atual presidente do BNDES foi ministro da Fazenda de Dilma Rousseff entre 1º de janeiro e 18 de dezembro de 2015, primeiro ano do segundo mandato da petista.

4 comentários

  1. […] Canal Rural […]

  2. […] sábado, dia 15, o presidente Jair Bolsonaro disse que Levy estava “com a cabeça a prêmio há algum tempo”, pouco antes de embarcar para um evento no Rio Grande do […]

  3. […] sábado, dia 15, o presidente Jair Bolsonaro disse que Levy estava “com a cabeça a prêmio há algum tempo”, pouco antes de embarcar para um evento no Rio Grande do […]

Deixe um Comentário





Bolsonaro EUA

SOB NOVA DIREÇÃO

Brasil assume presidência do Mercosul nesta terça-feira

17/07/2019 às 10h31

SAINDO DO CARGO

Governo Bolsonaro demite presidente da Embrapa

17/07/2019 às 10h08
banner-3

DEU BRONCA

Bolsonaro ameaça demitir o presidente do BNDES, Joaquim Levy

O presidente da República rechaçou a nomeação de um advogado que trabalhou como assessor na estatal durante governo do PT a cargo de direção

15 de junho de 2019 às 16h44
Por Estadão Conteúdo
Joaquim Levy, presidente do BNDES

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro deu uma bronca pública no presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, e ameaçou demiti-lo caso ele não suspenda a nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto do cargo de diretor de Mercado de Capitais da estatal

Marcos Pinto trabalhou como assessor do BNDES durante o governo PT, de 2005 a 2007 – na diretoria que terá como foco a venda de participações da BNDESPar, braço de participações do banco de fomento. “Falei para ele (Levy): demite esse cara na segunda ou eu demito você sem passar pelo Guedes (ministro da Economia)”, contou o presidente  da República neste sábado, dia 15.

Bolsonaro deu a declaração ao sair do Palácio do Alvorada, residência oficial da Presidência, em direção à base militar, de onde parte para Santa Maria (RS), onde participa de uma cerimônia militar.

“Governo tem que ser assim: quando coloca gente suspeita em cargos importantes e essa pessoa, como Levy, já vem há algum tempo não sendo leal àquilo que foi combinado e que ele conhece a meu respeito, ele (Levy) está com a cabeça a prêmio há algum tempo”, continuou o presidente.

O atual presidente do BNDES foi ministro da Fazenda de Dilma Rousseff entre 1º de janeiro e 18 de dezembro de 2015, primeiro ano do segundo mandato da petista.

4 comentários

  1. […] Canal Rural […]

  2. […] sábado, dia 15, o presidente Jair Bolsonaro disse que Levy estava “com a cabeça a prêmio há algum tempo”, pouco antes de embarcar para um evento no Rio Grande do […]

  3. […] sábado, dia 15, o presidente Jair Bolsonaro disse que Levy estava “com a cabeça a prêmio há algum tempo”, pouco antes de embarcar para um evento no Rio Grande do […]

Deixe um Comentário