Início » Notícias da Agropecuária » Agronegócio » Entidades dizem quais as perspectivas para a safra de soja em seus estados

2019/2020

Entidades dizem quais as perspectivas para a safra de soja em seus estados

Nem todos os estados possuem entidades que acompanham a safra de soja de perto, mas os grandes produtores do país possuem estas perspectivas. Confira!

06 de outubro de 2019 às 15h01
Por Daniel Popov, de São Paulo
Soja

Foto: Pixabay

Enquanto a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), não divulga sua primeira perspectiva para a safra de soja 2019/2020, várias entidades já publicam suas perspectivas. Com isso o projeto Soja Brasil trouxe um compilado com todas as previsões já conhecidas, afinal nem todos os estados possuem entidade focadas no acompanhamento da cultura. Confira abaixo como ficará a produção em seu estado!

Mato Grosso

Para o Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea), a área com soja deve ocupar 9,777 milhões de hectares no estado, 0,59% maior que as 9,665 da temporada anterior. Já a produtividade deve ficar na casa das 56,28 sacas por hectares, 0,43% a mais que as 56,04 sacas de 2018. Com isso a produção no estado deve ficar em torno de 32,83 milhões de toneladas, aumento de 1% ante as 32,50 da safra passada.

Mato Grosso do Sul

Para a Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul (Famasul), a área plantada com soja deverá crescer 6,18% na temporada 2019/2020, alcançando 3,163 milhões de hectares, ante os 2,853 milhões de hectares de 2018. A produtividade média deve ficar em torno de 52 sacas por hectare, 4,8% maior que as 49,5 sacas por hectare da temporada anterior. Com isso a produção deve totalizar 9,68 milhões de toneladas, 13,8% maior que as 8,50 milhões de toneladas de 2018.

Paraná

O Departamento de Economia Rural (Deral) estima que a área de soja ocupará 5,48 milhões de hectares nesta safra, 1% maior que as 5,44 milhões de hectares da safra anterior. A produtividade deve aumentar 21,5% nesta safra, passando de 49,45 sacas por hectares de 2018/2019 para 60,10 sacas nesta safra. Com isso a produção deve atingir 19,8 milhões de toneladas, 3% maior que as 16,1 milhões de toneladas do ano passado.

Instagram

Goiás

Para a Aprosoja/Faeg a área de soja deve crescer pelo menos 2,15%, passando de 3,47 milhões de hectares de 2018, para 3,55 milhões de hectares nesta temporada. A produtividade deve ser levemente menor 1,1%, de 54,8 sacas por hectare de 2018, para 54,2 sacas deste ano. Com isso a produção do estado deve somar 11,55 milhões de toneladas, aumento de 1%, ante as 11,43 milhões de toneladas de 2018.

Minas Gerais

Para a Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (Faemg), Minas Gerais deve cultivar uma área na casa dos 1,58 milhão de hectares com soja nesta temporada 2019/2020, pouco a mais que as 1,57 milhões do ano passado. A produtividade também deve ficar praticamente inalterada, na casa dos 53,7 sacas por hectare. Com isso a produção somará 5,07 milhões de toneladas, igual a 2018.

Rondônia

Em Rondônia, segundo a Aprosoja local, a área plantada com soja deve aumentar até 15%, chegando a 380 mil hectares, ante as 333 milhões da temporada passada. A produtividade deve ficar na casa das 52 sacas por hectare, ante as 55 sacas de 2018. A produção deve chegar a 1,21 milhão de toneladas, ante as 1,10 da temporada anterior.

Rio Grande do Sul

Segundo a Emater-RS, o Rio Grande do Sul deverá semear uma área de 5,9 milhões de hectares com a soja, quase 2% a mais que a temporada anterior. A produtividade esperada, no entanto deve crescer mais do que isso, em torno de 4,31%, chegando a 55 sacas por hectare na média. Com isso a produção deve chegar a 19,7 milhões de toneladas.

Santa Catarina

Para a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), o estado deve cultivar uma área na casa das 671 mil de hectares com soja nesta temporada 2019/2020, pouco a mais que as 664 milhões do ano passado. A produtividade também deve ficar em torno de 61,3 sacas por hectare, 2,65% a mais que as 59,7 sacas de 2018. Com isso a produção pode crescer 3,73%, passando de 2,382 milhões de toneladas do ano passado, para 2,471 milhões neste ano.

Consultoria prevê os estados que faltam

A consultoria Safras & Mercado também divulgou suas primeiras perspectivas para a produção de soja no Brasil. Para eles, a safra brasileira de soja que está sendo semeada neste momento, ocupará uma área de 36,9 milhões de hectares.

Levando em consideração o incremento de 1,5% na área e o clima um pouco mais favorável (se comparado ao ano anterior), a produção prevista para a temporada 2019/2020 pode superar as 125 milhões de toneladas. Um recorde para o país, que de quebra ainda pode assumir o posto de maior produtor mundial de soja, a frente dos Estados Unidos.

São Paulo

O estado deve cultivar uma área de 1 milhão de hectares nesta temporada, pouco acima dos 990 mil hectares da safra passada. A produtividade deve crescer 58 sacas por hectare, acima das 52 sacas de 2018. A produção deve superar os 3,4 milhões de toneladas, ante as 3 milhões de 2018.

Bahia

O estado deve cultivar uma área de 1 milhão de hectares nesta temporada, pouco acima dos 990 mil hectares da safra passada. A produtividade deve crescer 55 sacas por hectare de 2018, para 57 sacas deste ano. A produção deve superar as 5,6 milhões de toneladas, ante as 5,3 milhões de 2018.

Veja mais notícias sobre soja

1 comentário

  1. Clóvis Rotili em 7 de outubro de 2019 às 09:59

    Têm erros nos números de hectares cultivados nos estados de Rondônia e Santa Catarina. Não são milhões de hectares, como menciona o texto.

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Agronegócio » Entidades dizem quais as perspectivas para a safra de soja em seus estados

2019/2020

Entidades dizem quais as perspectivas para a safra de soja em seus estados

Nem todos os estados possuem entidades que acompanham a safra de soja de perto, mas os grandes produtores do país possuem estas perspectivas. Confira!

06 de outubro de 2019 às 15h01
Por Daniel Popov, de São Paulo
Soja

Foto: Pixabay

Enquanto a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), não divulga sua primeira perspectiva para a safra de soja 2019/2020, várias entidades já publicam suas perspectivas. Com isso o projeto Soja Brasil trouxe um compilado com todas as previsões já conhecidas, afinal nem todos os estados possuem entidade focadas no acompanhamento da cultura. Confira abaixo como ficará a produção em seu estado!

Mato Grosso

Para o Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea), a área com soja deve ocupar 9,777 milhões de hectares no estado, 0,59% maior que as 9,665 da temporada anterior. Já a produtividade deve ficar na casa das 56,28 sacas por hectares, 0,43% a mais que as 56,04 sacas de 2018. Com isso a produção no estado deve ficar em torno de 32,83 milhões de toneladas, aumento de 1% ante as 32,50 da safra passada.

Mato Grosso do Sul

Para a Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul (Famasul), a área plantada com soja deverá crescer 6,18% na temporada 2019/2020, alcançando 3,163 milhões de hectares, ante os 2,853 milhões de hectares de 2018. A produtividade média deve ficar em torno de 52 sacas por hectare, 4,8% maior que as 49,5 sacas por hectare da temporada anterior. Com isso a produção deve totalizar 9,68 milhões de toneladas, 13,8% maior que as 8,50 milhões de toneladas de 2018.

Paraná

O Departamento de Economia Rural (Deral) estima que a área de soja ocupará 5,48 milhões de hectares nesta safra, 1% maior que as 5,44 milhões de hectares da safra anterior. A produtividade deve aumentar 21,5% nesta safra, passando de 49,45 sacas por hectares de 2018/2019 para 60,10 sacas nesta safra. Com isso a produção deve atingir 19,8 milhões de toneladas, 3% maior que as 16,1 milhões de toneladas do ano passado.

Instagram

Goiás

Para a Aprosoja/Faeg a área de soja deve crescer pelo menos 2,15%, passando de 3,47 milhões de hectares de 2018, para 3,55 milhões de hectares nesta temporada. A produtividade deve ser levemente menor 1,1%, de 54,8 sacas por hectare de 2018, para 54,2 sacas deste ano. Com isso a produção do estado deve somar 11,55 milhões de toneladas, aumento de 1%, ante as 11,43 milhões de toneladas de 2018.

Minas Gerais

Para a Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (Faemg), Minas Gerais deve cultivar uma área na casa dos 1,58 milhão de hectares com soja nesta temporada 2019/2020, pouco a mais que as 1,57 milhões do ano passado. A produtividade também deve ficar praticamente inalterada, na casa dos 53,7 sacas por hectare. Com isso a produção somará 5,07 milhões de toneladas, igual a 2018.

Rondônia

Em Rondônia, segundo a Aprosoja local, a área plantada com soja deve aumentar até 15%, chegando a 380 mil hectares, ante as 333 milhões da temporada passada. A produtividade deve ficar na casa das 52 sacas por hectare, ante as 55 sacas de 2018. A produção deve chegar a 1,21 milhão de toneladas, ante as 1,10 da temporada anterior.

Rio Grande do Sul

Segundo a Emater-RS, o Rio Grande do Sul deverá semear uma área de 5,9 milhões de hectares com a soja, quase 2% a mais que a temporada anterior. A produtividade esperada, no entanto deve crescer mais do que isso, em torno de 4,31%, chegando a 55 sacas por hectare na média. Com isso a produção deve chegar a 19,7 milhões de toneladas.

Santa Catarina

Para a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), o estado deve cultivar uma área na casa das 671 mil de hectares com soja nesta temporada 2019/2020, pouco a mais que as 664 milhões do ano passado. A produtividade também deve ficar em torno de 61,3 sacas por hectare, 2,65% a mais que as 59,7 sacas de 2018. Com isso a produção pode crescer 3,73%, passando de 2,382 milhões de toneladas do ano passado, para 2,471 milhões neste ano.

Consultoria prevê os estados que faltam

A consultoria Safras & Mercado também divulgou suas primeiras perspectivas para a produção de soja no Brasil. Para eles, a safra brasileira de soja que está sendo semeada neste momento, ocupará uma área de 36,9 milhões de hectares.

Levando em consideração o incremento de 1,5% na área e o clima um pouco mais favorável (se comparado ao ano anterior), a produção prevista para a temporada 2019/2020 pode superar as 125 milhões de toneladas. Um recorde para o país, que de quebra ainda pode assumir o posto de maior produtor mundial de soja, a frente dos Estados Unidos.

São Paulo

O estado deve cultivar uma área de 1 milhão de hectares nesta temporada, pouco acima dos 990 mil hectares da safra passada. A produtividade deve crescer 58 sacas por hectare, acima das 52 sacas de 2018. A produção deve superar os 3,4 milhões de toneladas, ante as 3 milhões de 2018.

Bahia

O estado deve cultivar uma área de 1 milhão de hectares nesta temporada, pouco acima dos 990 mil hectares da safra passada. A produtividade deve crescer 55 sacas por hectare de 2018, para 57 sacas deste ano. A produção deve superar as 5,6 milhões de toneladas, ante as 5,3 milhões de 2018.

Veja mais notícias sobre soja

1 comentário

  1. Clóvis Rotili em 7 de outubro de 2019 às 09:59

    Têm erros nos números de hectares cultivados nos estados de Rondônia e Santa Catarina. Não são milhões de hectares, como menciona o texto.

Deixe um Comentário





Mais Notícias