Início » Notícias da Agropecuária » Agronegócio » Demissões do BNDES podem impactar o agro, afirma Daoud

PEDIDO DE DEMISSÃO 


Demissões do BNDES podem impactar o agro, afirma Daoud

O substituto de Joaquim Levy será secretário adjunto de Desestatização e Desinvestimento, Gustavo Montezano

17 de junho de 2019 às 21h10
Por Canal Rural

Após o pedido de demissão do presidente do BNDES, Joaquim Levy, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse nesta segunda-feira, dia 17, que a saída de Levy do banco “É uma covardia sem precedentes”.

Para Maia, cabia ao ministro da Economia, Paulo Guedes, controlar a situação, já que Levy foi nomeado pela equipe. O ex-presidente do BNDES oficializou o pedido de demissão após o presidente Jair Bolsonaro ter declarado que “a cabeça dele estava à prêmio”, após resistir em demitir o diretor do banco, Marcos Pinto, que também acabou renunciando ao cargo. Foi anunciado que o substituto de Joaquim Levy será Gustavo Montezano, até então, secretário adjunto de Desestatização e Desinvestimento.

O comentarista Miguel Daoud relembra a proposta inicial do presidente Bolsonaro, que era desfazer estrutura deixada pelo PT e discute função do BNDES dentro dessas novas propostas. “Não sei qual será a função do BNDES, mas as demissões na entidade podem impactar o agro”, disse Daoud.

2 comentários

  1. […] Canal Rural […]

  2. […] Source link […]

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Agronegócio » Demissões do BNDES podem impactar o agro, afirma Daoud

PEDIDO DE DEMISSÃO 


Demissões do BNDES podem impactar o agro, afirma Daoud

O substituto de Joaquim Levy será secretário adjunto de Desestatização e Desinvestimento, Gustavo Montezano

17 de junho de 2019 às 21h10
Por Canal Rural

Após o pedido de demissão do presidente do BNDES, Joaquim Levy, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse nesta segunda-feira, dia 17, que a saída de Levy do banco “É uma covardia sem precedentes”.

Para Maia, cabia ao ministro da Economia, Paulo Guedes, controlar a situação, já que Levy foi nomeado pela equipe. O ex-presidente do BNDES oficializou o pedido de demissão após o presidente Jair Bolsonaro ter declarado que “a cabeça dele estava à prêmio”, após resistir em demitir o diretor do banco, Marcos Pinto, que também acabou renunciando ao cargo. Foi anunciado que o substituto de Joaquim Levy será Gustavo Montezano, até então, secretário adjunto de Desestatização e Desinvestimento.

O comentarista Miguel Daoud relembra a proposta inicial do presidente Bolsonaro, que era desfazer estrutura deixada pelo PT e discute função do BNDES dentro dessas novas propostas. “Não sei qual será a função do BNDES, mas as demissões na entidade podem impactar o agro”, disse Daoud.

2 comentários

  1. […] Canal Rural […]

  2. […] Source link […]

Deixe um Comentário





Mais Notícias