Início » Notícias da Agropecuária » Agronegócio » As inscrições para a Abertura Nacional do Plantio da Soja já estão abertas

GRATUITO

As inscrições para a Abertura Nacional do Plantio da Soja já estão abertas

O maior evento da sojicultura brasileira acontecerá no dia 19 de setembro, no município de Vilhena (RO). Confira as expectativas para esta importante etapa e garanta sua vaga!

09 de agosto de 2019 às 11h21
Por Daniel Popov, de São Paulo

Massey Ferguson, plantadeira, plantio, semeadura

Rondônia vive uma época de plena expansão da agricultura, tanto que a área com principal cultura do estado, a soja, cresce a uma taxa de 10% a 15%, aponta a Aprosoja-RO. Essa foi uma das principais razões para a escolha do estado para sediar pela 1ª vez a Abertura Nacional do Plantio da Soja – Safra 2019/2020.

Considerado um dos principais eventos da sojicultura brasileira, ele reunirá no dia 19 de setembro, na Fazenda Jaqueline, localizada em Vilhena, produtores rurais, entidades e representantes do governo.

“Os produtores estão muito animados em receber tão importante a Abertura do Plantio, Ainda mais com a possibilidade de contar com a presença da Ministra Tereza Cristina. Vamos tentar convidar também nosso presidente da República, Jair Bolsonaro, isso seria muito importante pra gente”, afirma o presidente da Aprosoja-RO, Juca Masutti.

Evolução da soja

A área com a soja no estado ocupa hoje 340 mil hectares e a perspectiva para a safra 2019/2020 é de que a cultura ocupe algo em torno de 400 mil hectares, 17% a mais que a anterior. “Na safra passada o clima colaborou e colhemos uma média de até 3.600 quilos por hectare mais ou menos. Foi uma safra muito boa e poucos produtores colheram menos que isso”, diz Masutti.

Por estar tão próximo a Amazônia, o estado mantém uma política de sustentabilidade para a produção de soja. “Os produtores estão atentos à legislação ambiental e os cuidados para a preservação”, conta ele.

O plantio por lá começa a partir do dia 15 de setembro, após o fim do vazio sanitário e vai até dezembro. Já a colheita começa em janeiro e vai até o fim de maio.

“Aqui temos uma grande vantagem que é a logística. O rio Madeira favorece o escoamento de maneira barata e eficaz até os portos. A hidrovia permite a navegação de grandes comboios, com até 18 mil toneladas, mesmo durante a estiagem. Isso é um grande atrativo para os negócios na região”, conta o presidente da Aprosoja-RO.

Veja abaixo imagens da produção de soja em Rondônia:

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Início » Notícias da Agropecuária » Agronegócio » As inscrições para a Abertura Nacional do Plantio da Soja já estão abertas

GRATUITO

As inscrições para a Abertura Nacional do Plantio da Soja já estão abertas

O maior evento da sojicultura brasileira acontecerá no dia 19 de setembro, no município de Vilhena (RO). Confira as expectativas para esta importante etapa e garanta sua vaga!

09 de agosto de 2019 às 11h21
Por Daniel Popov, de São Paulo

Massey Ferguson, plantadeira, plantio, semeadura

Rondônia vive uma época de plena expansão da agricultura, tanto que a área com principal cultura do estado, a soja, cresce a uma taxa de 10% a 15%, aponta a Aprosoja-RO. Essa foi uma das principais razões para a escolha do estado para sediar pela 1ª vez a Abertura Nacional do Plantio da Soja – Safra 2019/2020.

Considerado um dos principais eventos da sojicultura brasileira, ele reunirá no dia 19 de setembro, na Fazenda Jaqueline, localizada em Vilhena, produtores rurais, entidades e representantes do governo.

“Os produtores estão muito animados em receber tão importante a Abertura do Plantio, Ainda mais com a possibilidade de contar com a presença da Ministra Tereza Cristina. Vamos tentar convidar também nosso presidente da República, Jair Bolsonaro, isso seria muito importante pra gente”, afirma o presidente da Aprosoja-RO, Juca Masutti.

Evolução da soja

A área com a soja no estado ocupa hoje 340 mil hectares e a perspectiva para a safra 2019/2020 é de que a cultura ocupe algo em torno de 400 mil hectares, 17% a mais que a anterior. “Na safra passada o clima colaborou e colhemos uma média de até 3.600 quilos por hectare mais ou menos. Foi uma safra muito boa e poucos produtores colheram menos que isso”, diz Masutti.

Por estar tão próximo a Amazônia, o estado mantém uma política de sustentabilidade para a produção de soja. “Os produtores estão atentos à legislação ambiental e os cuidados para a preservação”, conta ele.

O plantio por lá começa a partir do dia 15 de setembro, após o fim do vazio sanitário e vai até dezembro. Já a colheita começa em janeiro e vai até o fim de maio.

“Aqui temos uma grande vantagem que é a logística. O rio Madeira favorece o escoamento de maneira barata e eficaz até os portos. A hidrovia permite a navegação de grandes comboios, com até 18 mil toneladas, mesmo durante a estiagem. Isso é um grande atrativo para os negócios na região”, conta o presidente da Aprosoja-RO.

Veja abaixo imagens da produção de soja em Rondônia:

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Foto: Aprosoja-RO

Veja mais notícias sobre soja

Deixe um Comentário





Mais Notícias